Editora Unaspress e Mestrado em Promoção da Saúde do Unasp lançam livro em evento online

Cultura e Ciência

Escrito por

Aira Annoroso

Publicado em

08 jun 2020

O evento online promovido pelo curso de Mestrado reuniu mais de 60 pessoas, contando com alunos, professores, palestrantes e convidados especiais.

O X Encontro Científico do Mestrado em Promoção da Saúde, do Unasp São Paulo, trouxe uma novidade nesta edição. O evento online, que ocorreu na manhã desta segunda-feira (8), contou com o lançamento do livro “A ciência dos 8 remédios naturais” produzido pelos docentes do programa, em parceria com a Unaspress (Editora do Unasp). Além disso, foram discutidos os formatos de produção acadêmica e meio para divulgá-los, o papel da academia na produção científica de alto nível e principalmente o impacto dessa produção para a sociedade.

“Estamos em casa durante este período de pandemia, mas continuamos cumprindo a missão do Unasp de promover a excelência de ensino. O Mestrado tem sido muito importante no que diz respeito ao incentivo à produção científica”, afirmou a Dra. Silvia Quadros, diretora acadêmica do Unasp-SP. “É interessante ver como a importância do Mestrado em Promoção da Saúde se torna ainda mais notável em um momento como esse”, completou o Dr. Douglas Menslin, diretor geral do campus, como forma de agradecimento à contribuição dos discentes e docentes do curso.

A programação

Conduzida pelo coordenador do Mestrado, Dr. Fábio Alfieri, a programação teve a participação também dos palestrantes Dr. Rodrigo Follis, Dr. Mauricio Lamano Ferreira e a Dra. Natalia Cristina de Oliveira Vargas e Silva.

Follis, pesquisador e editor-chefe da Unaspress, iniciou a manhã destacando a importância do tripé educacional – ensino, pesquisa e extensão. Segundo ele, novos cenários fizeram com que muitos processos e formatos fossem “adiantados” devido à pandemia da covid-19, e é considerável repensar como poderão ser as novas publicações científicas do Unasp. “Novas tecnologias pedem novas formas de ensinar”, ressaltou e relembrou que, neste momento de isolamento social, o ensino só pode ser transmitido de forma online através novas ferramentas tecnológicas.

Dr. Rodrigo Follis durante palestra.

A divulgação científica foi amplamente abordada por Follis, haja vista que a sociedade notou que especialistas (pesquisadores, cientistas) são importantes neste momento, logo, a divulgação científica tornou-se essencial. “Nós somos quem responde as perguntas, responde aos problemas. Mas problemas são vividos por pessoas, e pessoas precisam ler e ter respostas. Como fazer isso? Publicando, dando acesso”, enfatizou. “Os problemas da sociedade ditam os caminhos da produção científica”, concordou o segundo palestrante do dia, Dr. Maurício Lamano Ferreira, que discorreu a respeito do papel da academia na produção científica de alto nível no evento.

Ferreira mencionou ainda que existe uma demanda muito grande para a entrega dessas produções científicas, mas que é necessário respeitar os processos de verificação dos materiais produzidos, e que por essa razão utiliza-se métricas avaliativas. “A produção de alto nível tem a ver com toda uma estratégia para se adequar às métricas”, revelou e explicou que para isso é necessário respaldo financeiro e estrutura, o que é um grande desafio para o Brasil.

Dra. Natalia Cristina de Oliveira Vargas e Silva.

Em relação ao impacto da produção científica para a sociedade, a Dra. Natalia Cristina de Oliveira Varga e Silva, mencionou que a mesma cria possibilidades para um mundo sustentável de forma econômica, social, ambiental, entre outras. De acordo com a palestrante, a produção científica possui função social que promove desenvolvimento local, regional e até mesmo nacional, e consequentemente melhora as condições e qualidade de vida das pessoas.

Lançamento do livro “A ciência dos 8 remédios naturais”

Dr. Fábio Alfieri apresentando a versão digital do novo livro produzido pelo Mestrado em Promoção da Saúde.

Para o coordenador do curso de Mestrado em Promoção da Saúde, Dr. Fábio Alfieri, o material possui um conteúdo muito importante para a saúde de todas as pessoas, e ressaltou que há respaldo científico para tudo o que foi escrito. O livro é dividido em quatro partes:

Dr. Martin Kuhn, reitor do Unasp, destacou possível parceria do Unasp e do Mestrado em Promoção da Saúde, com a AdventHealth University (AHU), localizada em Orlando, na Flórida, EUA.

O Dr. Allan Novaes, pró-reitor de Pesquisa e Desenvolvimento institucional do Unasp, afirmou que o livro lançado respeita e valoriza o diálogo entre ciência e confessionalidade, que é o objetivo principal do programa de Mestrado, o que o torna ainda mais relevante e contribui com a comunidade. “A Igreja Adventista tem essa tradição em promoção da saúde, e aliado à ciência, pode contribuir, e esse material é um exemplo disso”, disse.

Finalizando a programação, o reitor do Unasp, Dr. Martin Kuhn, parabenizou os docentes e discentes pelas contribuições nas publicações científicas. “Nosso sonho de nos tornar uma universidade não mudou, mas para chegar lá precisamos continuar crescendo nos programas de Mestrado e futuramente Doutorado, e vocês fazem parte disso”, incentivou.