Dia do Radialista

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

09 nov 2015

Sábado foi o dia do radialista. O que é um rádio, todos nós sabemos. E como já diz o nome, radialistas são os profissionais que trabalham nas rádios. Os locutores, editores, repórteres, etc. Antigamente o dia do radialista era comemorado no dia 21 de setembro, data escolhida no governo do então presidente Getúlio Vargas. Na primeira comemoração, todas as rádios foram silenciadas e os profissionais cariocas foram para as ruas comemorar, com direito a gincanas e churrasco. A data foi transferida para o dia 7 de novembro em 2006, em homenagem ao aniversário do compositor de Aquarela do Brasil, Ary Barroso.

De acordo com a pesquisa feita pela “Pesquisa Brasileira de Mídia”, o rádio é segundo meio de comunicação mais utilizado pelos brasileiros, perdendo apenas para a televisão, segundo Ibope. Os radialistas em suas programações abordam noticiais atuais, entretenimento, tocam música, falam sobre cultura, religião, politica, esportes e outros assuntos que agradam gregos e troianos. Ou seja, todos os públicos são atingidos pelas ondas de rádio, basta escolher a de seu interesse.

Não pense que ser um radialista é uma profissão fácil. Esses profissionais, devem ter além de uma boa voz para locução, um carisma que conquiste quem está do outro lado da “linha”. Diferente da televisão e da internet, o rádio não é visual e tem mais dificuldade para prender a atenção do público.

Aqui no Unasp, campus engenheiro Coelho, há os cursos de Publicidade e Propaganda, Rádio e TV e Jornalismo, onde se aprendem as técnicas de um radialista. Na Rádio Unasp os estudantes têm todo o acesso aos aparelhos necessários para a profissionalização na área. Na Rádio, com exceção da diretoria, todos os funcionários são alunos de um dos três cursos citados acima. Essa é uma exclusividade que oferece aulas de estagio para os alunos e prepara profissionais mais capacitados para o mercado de trabalho.