Dia do contabilista é comemorado com evento no campus

Vida no Campus

Escrito por

Redação

Publicado em

26 abr 2017

 

Licitações superfaturadas, lavagem de dinheiro, propina, caixa dois. Essas são palavras comuns nos noticiários nacionais. O Brasil vive uma época em que se investiga e questiona a fidelidade de contas públicas e de empresas privadas, envolvidas em escândalos de corrupção. Uma organização criminosa complexa que, de acordo com as investigações, mantinha tudo muito bem contabilizado, para que não houvesse fraude na fraude.

Neste cenário nacional, muitos profissionais da área contábil têm lutado para manter a credibilidade de sua prática, porque quando o assunto é dinheiro, muitas pessoas tem o “pé atrás” em relação a fidelidade na prestação de contas. Diante desta realidade, qual seria o posicionamento esperado do profissional da área contábil? Quais as oportunidades de emprego e possibilidades do mercado atual? Que perfil as empresas almejam encontrar nos contabilistas? Para debater estes e outros temas, o curso de Ciências Contábeis do Unasp Campus Hortolândia realizou na noite de ontem, 25 de abril, uma palestra para todos os alunos do curso. Uma oportunidade para trazer à baila questões que interessam os futuros profissionais da área e para comemorar o Dia do Contabilista. “Comemorar o dia do profissional de contabilidade, faz com que nossos alunos compreendam o significado da data e valorizem a área.  Os temas servem para reiterar o que ensinamos na sala, visto que a profissão exige ética e transparência e o mercado precisa de profissionais diferenciados”, explicou o coordenador do curso e organizador do evento, Levi Morgan.

O palestrante convidado foi Eduardo José Rodrigues que além de empresário contábil é membro da Comissão de Projetos Sociais do CRC (Conselho Regional de Contabilidade) de São Paulo. Segundo ele o mercado está carente de profissionais dedicados, honestos e que realmente estejam engajados com as metas das empresas as quais ele atende. “Existe muito espaço para o profissional da contabilidade, principalmente em áreas correlacionadas como: controle interno, consultoria, parecerista, perito, administração financeira. Mas em qualquer setor de atuação o principio fundamental do profissional de contabilidade é zelar pela ética e pelo bom senso na prestação de serviços”.

Segundo o coordenador do curso de Ciências Contábeis existem disciplinas obrigatórias que tratam da ética profissional e que estabelecem a linha de boa conduta do profissional na prestação de serviços, mas palestras como esta contribuem para uma visão mais ampla, que transcende os portões da graduação.  Um diferencial sentido pela estudante Juliana Vanessa. “A gente observa o carinho dos professores e da instituição, porque hoje é dia do contador e a data não passou em branco. E como o palestrante está atuando na área, as experiências que ele trouxe para nós, essa visão do mundo contábil, nos ajuda a compreender quais os caminhos podemos seguir profissionalmente”, informou a estudante.