Faculdade de Engenharia Civil do Unasp oferece curso sobre impermeabilização

Profissão e Mercado

Escrito por

Eva Cueva

Publicado em

27 Maio 2019

Crédito imagens

Eva Cueva

Palestras abordaram como realizar um bom mapeamento e os assuntos legais necessários na construção e mantimento de prédios e casas

A coordenação da Faculdade de Engenharia Civil do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, realizou no domingo (26) curso sobre Manifestações Patológicas e Impermeabilização para estudantes de Engenharia Civil. O evento contou com a participação de 135 alunos e profissionais da área. A aula foi ministrada pelo Engenheiro Marcos Storte, mestre em concreto pela Universidade de São Paulo (USP), no período da manhã e tarde.

A exposição à água de chuva, a umidade proveniente do solo e aquela que vem da própria edificação, devem ser consideradas nos projetos de construção para evitar o deteriorização e manter uma boa higiene no local. Segundo o coordenador do curso Dr. Artur Lenz Sartorti, o objetivo da capacitação é fomentar o aprendizado não somente na teoria mas, também no planejamento e na aplicação. “Na matriz curricular do curso de Engenharia e Arquitetura do Brasil, esse assunto não é tratado com muita profundidade, por isso nós fazemos palestras onde o assunto é mais elaborado e enriquece muito a formação dos alunos. Esse curso dá para os alunos subsídios e assim evita erros nas construções por falhas de impermeabilização”, afirma.

Participaram do curso universitários e profissionais da área interessados no assunto.

O estudo preliminar de como montar um projeto de impermeabilização, segundo o Engenheiro Marcos Storte, é imprescindível para os alunos. Assim eles conseguiriam evitar problemas futuros nas construções, “o tema de impermeabilização é muito importante porque todo mundo sofre com problemas de vazamento que podem ser resolvidos, meu objetivo é explorar todos os conceitos sobre o tema e assim esses erros não persistam”, ressalta.

Conforme as informações apresentadas pelo palestrante, a importância de fazer um projeto de impermeabilização evitaria desperdícios e conflitos na obra, podendo fiscalizar todas as etapas. Além de ter o direito de cobrar a responsabilidade técnica do prestador de serviços e fazer uma boa escolha de impermeabilizantes adequados para cada edificação.

A aplicação de todo aprendizado teórico será aplicado na prática no próximo encontro que irá acontecer 9 de junho no Unasp. Para o estudante de Engenharia Civil, Gustavo Onofrio, a oportunidade de participar desse tipo de evento lhe ajuda a saber como aplica-lo na vida profissional, “durante as aulas alguns tópicos não são abordados com profundidade. Fazer o curso de impermeabilização é uma oportunidade de estuda-los e aprofundar os conhecimentos na área”, afirma.