Curso de Nutrição realizou intervenção alimentar em escolas públicas

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

01 dez 2014

Comer frutas, verduras e legumes é o desafio para muitos brasileiros. Incentivar crianças para o consumo é uma das alternativas para mudarmos este quadro. Pensando nisso, o UNASP-SP realizou uma parceria com a prefeitura de Carapicuiba, localizada na região metropolitana da cidade de São Paulo, onde mais de 50 alunos do Curso de Nutrição, pós graduação e mestrado em promoção da saúde do UNASP realizam uma intervenção nutricional em algumas escolas da rede municipal e exercitam o conhecimento adquirido em sala de aula.

Segundo a coordenadora do projeto a Profa. do Curso de Nutrição do UNASP-SP, Dra. Márcia Salgueiro a atividade auxilia os alunos envolvidos na prática profissional. “Aqui é uma oportunidade pra ele colocar em prática aquilo que ele desenvolve em sala de aula de uma forma lúdica, bem dentro do ambiente da realidade que ele vai encontrar no mercado de trabalho”, frisa ela.

Para a aluna de nutrição Bruna Macedo, a atividade está sendo ótima. “Esta experiência está sendo maravilhosa porque a gente está trabalhando com um público diferente, com crianças e tudo que gente aprendeu na universidade estamos colocando em prática agora”, diz.

Uma das nutricionistas da rede municipal de Carapicuíba, Kelly Viana reconhece o benefício da parceria. “O trabalho da universidade vem nos auxiliar com a demanda do programa nacional da alimentação escolar e vem nos ajudar a entender como está o consumo alimentar das crianças, quais alimentos elas rejeitam mais e quais aceitam melhor”.
A Secretária de Educação de Carapicuíba, Aparecida da Graça Carlos acrescenta ainda que este é um dos itens que contribuem para uma educação melhor.“Para que exista uma educação de qualidade existe uma série de fatores para que possamos alcançar isso e uma delas é a questão da educação alimentar. Uma criança bem alimentada dentro de uma sala de aula, ela consegue aprender muito mais”, ressalta ela.

A Escola Municipal Edgar Simões foi uma das beneficiadas com a intervenção. Segunda a Diretora da Escola, Nancy Rossetti a educação alimentar impacta o aprendizado. “Após a alimentação equilibrada com verduras e legumes constantemente, além das crianças tem uma vida mais saudável também nós melhoramos o índice de aprendizagem, então isso refletiu diretamente na vida destas crianças e dentro da sala de aulas também”, comenta.

Para a aluna do Mestrado em Promoção da Saúde do UNASP-SP, Daniela Zinhani, que participou do projeto, ter uma educação alimentar desde cedo, contribui para que a criança se desenvolva mais e tenha uma vida mais saudável. “É muito importante começarmos intervenção nutricional desde a infância. Assim eles vão chegar na fase adulta com uma educação muito melhor, com uma visão muito melhor do que é ser saudável”, conclui.

Por Rosemeire Braga