Curso de educação física cria Escolinha de Futebol Social para atender crianças carentes

Impacto Social

Escrito por

Sabrina Girotto

Publicado em

30 abr 2019

Alunos da Escola de Futebol Social em Hortolândia, SP.

No início do mês de abril, começou a funcionar a Escolinha de Futebol Social no bairro Amanda, na cidade de Hortolândia,  SP, sob o comando de estudantes do curso de educação física do Unasp. Esse projeto de extensão é desenvolvido pelo campus Hortolândia em parceria com a Igreja Adventista de Terra Preta, voltado para crianças e adolescentes de 10 a 15 anos. O objetivo é desenvolvê-los integralmente, incentivando assim a prática de esportes e disponibilizando o acesso dos mais necessitados à conhecimentos necessários para seu crescimento.

Tendo como foco principal crianças de baixa renda, os professores e alunos da graduação de Educação Física do Unasp Hortolândia buscam facilitar o acesso desses à escola de futebol, desenvolvendo seu intelecto, seu físico e promovendo o relacionamento social.

Os quatro princípios pedagógicos

Na busca do desenvolvimento integral, o projeto irá lançar mão de quatro princípios pedagógicos; ensinar futebol para todos, ensinar bem o futebol, ensinar mais que futebol para todos, ensinar a gostar de esportes. “Dentro dos princípios pedagógicos propostos, talvez o mais importante para este projeto seja o de ensinar mais que futebol”, conta o prof. Ms. Tercio Alves, coordenador do projeto. Ele continua: “nem toda criança que faz escolinha de futebol será futuramente um jogador profissional, entretanto, todas elas serão cidadãos. Com esse olhar, ensinar mais que futebol é desenvolver nas crianças, valores e princípios morais e espirituais para que tenham a percepção que é possível ter uma vida melhor quando se tem as questões morais e espiritual bem resolvidas”.

Sobre o projeto

Os encontros acontecem às segundas e terças-feiras. Divididos por faixa etária, os alunos do projeto que estão entre 10 a 12 anos participam do primeiro horário (14h às 15h30) e os adolescentes entre 13 e 15 anos, participam do segundo (15h30 às 17h).

“A parceria realizada entre o Unasp Hortolândia e a Igreja Adventista de Terra Preta, proporciona o desenvolvimento das crianças através do esporte e levar os valores cristãos (servir o próximo) e do Unasp (levar para a comunidade aquilo que é produzido no Centro Universitário) para crianças e adolescentes. O projeto também contribuirá para o desenvolvimento de alunos estudantes de Educação Física do Unasp a partir do momento que os incentiva a serem os professores dos jovens que estão na escolinha de futebol social”,  conclui professor Alves.