Curso de Ciências Forenses do Unasp-SP auxilia na preparação de alunos para concursos públicos

Profissão e Mercado

Escrito por

Aira Annoroso

Publicado em

16 out 2019

Crédito imagens

Marketing Unasp

O curso de Ciências Forenses do Unasp-SP é presencial e tem duração de 18 meses. O investimento é de R$ 115,00 para se inscrever, e mensalidades de R$ 498,00.

A Pós-graduação do Unasp São Paulo está em constante crescimento, e todos os cursos abertos procuram atender às necessidades dos profissionais já formados na Graduação, para o mercado de trabalho. O curso de Ciências Forenses da instituição já existe há um tempo e cada vez mais tem atraído pessoas devido a qualidade do conhecimento que é possível obter nas aulas.

A Ciência Forense é considerada um conjunto de todos os conhecimentos científicos e técnicas que são utilizados para desvendar não só crimes, mas vários assuntos legais (cíveis, penais ou administrativos). O objetivo principal é oferecer suporte para investigações referentes a justiça civil e criminal.

Segundo a coordenadora do curso Lato Sensu de Ciências Forenses, Rogéria Ventura, o curso de Ciências Forenses do Unasp-SP tem um corpo docente altamente qualificado, com professores peritos ou profissionais forenses atuantes e experientes. O curso oferece aulas teóricas e práticas de Localistica Forense (análise de Local de Crime), Biologia Forense (Análise de sangue, líquido espermático e outros elementos biológicos), DNA Forense (análise de DNA e elaboração de laúdo técnico), Antropologia Forense (análise de ossadas e identificação de indívíduos), Perícia Ambiental (avaliação de cova clandestina e de questões ambientais relevantes no aspecto forense), Tanatologia Forense (avaliação de cadáver e de diferentes estágios de putrefação), Documentoscopia e Grafotécnica (exames práticos com equipamentos especializados), Perícia Judicial e Assistência Técnica Juducial (simulação de perícia e elaboração de parecer técnico).

“Além disto, oferecemos consultoria profissional forense personalizada a todos os alunos, possibilidade de atuação na carreira docente, orientação e incentivo para publicação de artigos em revistas científicas e participação de congressos e reuniões científicas nacionais e internacionais na área forense”, explica a coordenadora.

Concursos Públicos

O profissional que se especializa na área, além de poder atuar sem precisar ter feito concurso público, pode ter um grande suporte de conhecimento para realizar a prova, caso deseje, através dos conhecimentos específicos obtidos no curso da Pós-graduação. “Vários de nossos pós-graduandos que prestam concursos públicos nas carreiras forenses já conseguiram suas vagas e aguardam nomeação. Muitos outros, estão sendo nomeados para Perícias Judiciais e Assistências Técnicas Judiciais e também já iniciaram suas carreiras docentes”, revela Rogéria.