Coro de Câmara encerra comemorações do Centenário do UNASP

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

14 dez 2015

No domingo, dia 12 de dezembro, há exatos 1 ano e 1 mês após a abertura dos 100 eventos em celebração ao Centenário do UNASP campus São Paulo, que teve início no dia 12 de novembro de 2014 com o Primeiro Fórum das Instituições de Ensino Superior Confessionais, o Coro de Câmara do UNASP-SP realizou o último evento dessa comemoração centenária com o concerto Muito Além do Natal.

O estilo erudito muito prestigiado e característico do Coro de Câmara do UNASP-SP, foi abrilhantado com as participações do Metal & Cia e do Coral Juvenil.
O repertório teve por objetivo mostrar o que existe além do Natal. Muito além dos costumes consumistas e comerciais em torno do Natal, a comemoração é uma oportunidade também de reforçar a esperança no retorno de Jesus o resultado final do plano do qual o seu nascimento faz parte. “Eu não me preocupo em sair e fazer compras ou o que vão me dar de presente porque esse não é o foco. Vejo que o foco é a festa que está por vir”, destacou o maestro Turíbio de Burgo regente do Coro de Câmara.

Turíbio conta que todas as apresentações do Coro de Câmara são revestidas de desafio e muita satisfação. Segundo o músico, no contexto do Centenário do UNASP-SP, o último evento entre as diversas celebrações que ocorreram durante o último ano, é também oportunidade para perceber o quanto Deus já realizou através das gerações que passaram pelo campus.

“Essa instituição tem um significado e um valor muito grande para a família adventista e eu sou parte dessa história toda. Fui abençoado pelo o que aprendi aqui. Eu tive experiências que foram muito importantes na minha vivencia e depois no meu ministério como músico dentro da Igreja Adventista. Foi um privilégio também vir trabalhar justamente aqui. A história do nascimento de Jesus tem tudo a ver com a história do UNASP e com a minha história”, expressou Turíbio.

Para Douglas Menslin, diretor geral do UNASP-SP, chegar ao final das comemorações do Centenário do UNASP-SP ao mesmo tempo em que traz a compreensão de dever cumprido, incentiva planejar o futuro.

“Concluir cem anos, significa que as pessoas que viveram para trás, deram o melhor de si, para que o UNASP chegasse aonde chegou. Daqui para frente, resta a motivação e a responsabilidade, de que se não vivermos mais cem anos, pelo menos caminharmos ano a ano. Para que mais alunos, mais pessoas possam encontrar não o rumo da vida, mas principalmente que possam encontrar a esperança que esta instituição promete apresentar através dos seus programas acadêmicos, através da sua vida voltada para a música, como nós vimos hoje, momentos especiais que nos elevam, nos deixam mais próximos de Deus”, concluiu o diretor.

Por Murilo Pereira