Contadores e administradores saem formados do Unasp Engenheiro Coelho

Notas Formatura

Escrito por

Analía Roa Monsalve

Publicado em

16 dez 2019

Crédito imagens

Aicom

Além da formação profissional, os alunos destacam os aprendizados que vão levar para a vida

Com muita emoção e alegria, após oito semestres de estudo, 40 alunos participaram na tarde deste domingo (15) das solenidades de formatura dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, no Auditório Central do Unasp Engenheiro Coelho.

Até chegar ao momento de Colação de Grau em Administração, Arieli Fialho Xavier enfrentou várias dificuldades. “Eu acho que a ficha não caiu ainda. Para uma pessoa que não sabia ler, nem escrever aos 10 anos de idade, se formar é uma grande conquista”, revela.

Yuki Cardoso é um dos novos formados em Ciências Contábeis, e para ele, passar pela faculdade o preparou para enfrentar todo tipo de dificuldades e novos projetos. “Tive a oportunidade de perder a minha timidez, trabalhar com vários tipos de pessoas e saber lidar com elas, e também perceber que, na vida, não iremos agradar a todos. Mesmo assim, posso fazer o meu melhor e transformar meu trabalho em um lugar bom e agradável”, destaca.

A conquista da profissão com certeza é um momento de celebração familiar. Antônio Libório é avô de uma das formandas – Maria -, e estava radiante após a cerimônia. “Ela é a minha primeira neta a se formar”, declara, sorridente. 

A formatura também é um acontecimento especial para o corpo docente. “A formatura representa conquista dupla. Para o formando, o ápice de uma trajetória de luta, entrega, sacrifício, em que o resultado é concretizado na simbologia e legalidade do cerimonial; para o curso, mais uma vitória junto a alunos que se permitiram ser orientados em sua formação pessoal e profissional”, expressa o coordenador de Ciências Contábeis, Dr. Waggnoor Kettle.

Já para o coordenador de Administração, Me. Wilton Modro, o momento é “a coroação de um trabalho sério e comprometido, na formação de profissionais competentes e cidadãos conscientes de seu papel nas organizações e na sociedade”.