Colégio Unasp realiza o projeto interdisciplinar Gênese do Conhecimento

Acontece no Unasp

Escrito por

Aira Annoroso

Publicado em

30 Maio 2019

Alunos do primeiro ano do Ensino Médio do Colégio Unasp, campus São Paulo, apresentando o projeto Gênese do Conhecimento.

Promover atividades diferenciadas que unam várias disciplinas curriculares, e que sejam úteis para o desenvolvimento dos alunos em diversas áreas da vida, é uma tarefa desafiadora, mas não impossível. O Colégio Unasp do campus São Paulo trabalha constantemente em busca de maneiras de desenvolver novas propostas com esse objetivo. Assim nasceu o Gênese do Conhecimento, um projeto interdisciplinar envolvendo História, Geografia, Sociologia, Filosofia, Biologia e Ensino Religioso, desenvolvido pelos alunos do primeiro ano do Ensino Médio e supervisionado pelos professores correspondentes às disciplinas supracitadas.

“Os alunos entram no Ensino Médio com uma ideia de que cada ciência é fragmentada e que não há uma comunicação entre elas. Então há uma preocupação em fazer com que eles tenham essa visão integradora das disciplinas”, explica a professora de Geografia e Sociologia do Colégio Unasp, Eledir Martins.

Banner de apresentação dos alunos participantes do projeto.

Na primeira fase do Gênese do Conhecimento, os estudantes puderam desenvolver reflexões sobre suas próprias histórias de vida e ao mesmo tempo perceberem a interdisciplinaridade das ciências ao constituírem os conhecimentos sobre si próprios. Os mesmos pesquisaram sobre suas origens, formando uma árvore genealógica; suas cosmovisões; as características do local onde nasceram e onde vivem atualmente; seus valores éticos; características de comportamentos; suas expectativas e sonhos.

Para realizar a árvore genealógica, os alunos precisaram obter informações com seus pais, tios e avós. Dessa maneira, estes passaram tempo de qualidade instruindo os estudantes quanto às informações. Para Eledir, “essa relação família-escola é muito importante para o desenvolvimento dos estudantes, então também temos a necessidade de trazer a família para mais perto através do projeto”.

Banca avaliadora do projeto, composta pelos professores das disciplinas envolvidas.

Na segunda etapa o intuito foi fazer com que os alunos realizassem essas reflexões em grupos, apresentando o roteiro do trabalho em formato de banner. Esse formato de apresentação visa orientá-los e prepará-los para a apresentação formal de trabalhos, com a intenção de melhor capacitá-los para a participação em eventos acadêmicos, ou mesmo instrumentalizá-los para as atividades da rotina universitária. “Muitos dos nossos alunos entram na faculdade sem ter essa segurança de como é apresentar um trabalho dessa modalidade, de participar de um evento científico ou como é estar com uma banca de professores avaliando seus trabalhos. Então queremos que eles tenham essa vivência desde cedo”, afirma Eledir.

Para o aluno João Victor de Oliveira, o Gênese do Conhecimento fez grande diferença em sua vida. “O projeto foi importante para mim porque mudou minha forma de pensar e de agir”, conta.