Colégio UNASP realiza feira internacional com alunos do Bilíngue

Acontece no Unasp

Escrito por

Thainá Reis | Edição: Theillyson Lima

Publicado em

21 jun 2021

Crédito imagens

Vini Santos

O Colégio UNASP Engenheiro Coelho promoveu a International Country Fair, que reuniu alunos do maternal ao 9° ano para apresentar os costumes e tradições de vários países, na última quinta-feira(17). A feira internacional faz parte das atividades dos estudantes do Bilíngue e aconteceu ao ar livre na Fazendinha do campus, promovendo uma imersão cultural.

Alunos do Bilíngue apresentam países durante a feira

A feira acontece desde 2015 e é um momento de diversão e aprendizado, pois ajuda na compreensão dos conteúdos de forma lúdica. Durante o primeiro semestre do bilíngue, os alunos estudam vários países e cada turma escolhe um para ser representado. As turmas envolvidas são:

Kinder Kids A (maternal)
Kinder Kids B (pré I e pré II)
Kids Academy I (1° ano)
Kids Academy II (2° e 3° ano)
Kids Academy III (4°e 5° ano)
Teens A (6° e 7° ano)
Teens B (6° e 7° ano)
Teens C (8° e 9° ano)

A culinária, tradições, datas comemorativas e pontos turísticos são algumas das características apresentadas no encontro. As barracas foram distribuídas em pontos estratégicos para evitar aglomeração.

Eduardo Henrique, coordenador e responsável pelas exposições informou os objetivos da interação entre os alunos. “Eles estudaram ao longo do bimestre e agora, apresentam o que estudaram na língua inglesa”, declarou. Egito, Inglaterra, México, Espanha, Irlanda, Itália e Canadá foram os países representados no evento. Cada sala também fez uma apresentação sobre as principais tradições em forma de peças teatrais e musicais. 

A professora Marianna Hidalgo explica que os alunos ficam empolgados por participarem de atividades externas. David Ramos, de apenas 11 anos, representou a Itália e gostou bastante da atividade. “Eu gostei muito do dia inteiro, meu país favorito foi a Itália porque eu amo pizza de marguerita!”, exclamou ele com um salto.

Luana Oliveira também é professora e descreve a importância dessa experiência fora da sala de aula para os alunos para que o aprendizado seja mais eficiente. “Eles têm a oportunidade de explorar e demonstrar o que aprenderam sobre a cultura de outros países. Todos os anos, acontecem uma rotatividade para que eles aprendam sobre a  diversidade de outros países, com brincadeiras, comida, e consequentemente, perceber que cada país tem uma língua diferente”, esclareceu. 

Feira do Bilíngue apresenta diversos países