Colégio Unasp arrecada mais de 400 brinquedos para doação

Impacto Social

Escrito por

Aira Annoroso

Publicado em

22 out 2019

Parceria entre o Unasp-SP e a Polícia Militar é feita para mobilizar as crianças da Educação Infantil e incentivá-las à prática do bem.

Pelo terceiro ano consecutivo, o Colégio Unasp do campus São Paulo lançou o desafio aos alunos da Educação Infantil de levarem brinquedos novos, cujo objetivo é posteriormente doá-los às crianças mais carentes da região. Neste ano, na semana do dia das crianças, mais de 400 brinquedos foram arrecadados e embrulhados. O recolhimento dos presentes foi feito em parceria com a Polícia Militar, e a distribuição também será feita pela mesma no Jardim Aracati nos próximos dias.

O Colégio Unasp tem o hábito de sempre preparar uma semana do dia das crianças repleta de atividades divertidas para os alunos, com brinquedos infláveis, cama elástica, lanches diferentes, e ao final da semana eles ganham um presente da instituição.

Mais de 400 brinquedos novos foram arrecadados pelo Colégio Unasp.

Na sala de aula é proposto que as professoras trabalhem a semana da criança contando os benefícios de ser criança, mas ao mesmo tempo indagando ‘será que todas as crianças tem o que a gente tem nessa semana?’, ‘será que todas as crianças tem a oportunidade de estudar numa escola bacana como essa?’. “É nesse momento que entra o nosso trabalho de conscientização, e a indagação passa a ser ‘o que é que nós poderíamos estar fazendo para tornar o dia das crianças de outras crianças tão legal quanto o nosso?’. Por isso, escolhemos um dia nessa semana, que chamamos de ‘dia de fazer o bem’, onde eles trazem um brinquedo novo para doar”, explica a coordenadora da Educação Infantil do Colégio Unasp, Dolores Menslin.

Para Dolores, a lição que fica para os alunos é: tudo que eles recebem, eles também podem dar e fazer com que outras crianças fiquem tão felizes quanto eles.

Segundo Dimas de Oliveira, capelão do Colégio Unasp, todos os anos são trabalhados valores espirituais com os alunos. No terceiro bimestre, o valor ensinado foi a prestatividade. “Foi dentro desse tema que as professoras trabalharam em sala de aula a importância de se preocupar com pessoas mais necessitadas e até mesmo com o próprio coleguinha de classe”, conta.

Cidadania + consciência + empatia + humildade = uma sociedade melhor

O soldado Santos da Polícia Militar (batalhão 37), acredita que por existir o Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD), eles possuem uma proximidade com as crianças. “Decidimos fazer essa mobilização, com o apoio do Tenente Coronel Cabanas, justamente para podermos mostras às crianças que dar é tão bom quanto receber, e para aproximar ainda mais a polícia da comunidade, pois às vezes somos mal visto e causamos até um certo medo. Acreditamos também que esse tipo de ação pode contribuir para que as crianças cresçam e um dia se tornem boas cidadãs, conscientes, empáticas e humildes”, afirma o soldado da Polícia Militar.

Soldado Santos, do Batalhão 37, com aluna do Colégio Unasp.