Centro de Memória do UNASP realiza exposição histórica online

História

Escrito por

Aira Annoroso e Emily Bertazzo

Publicado em

16 nov 2020

Crédito imagens

Devson Lisboa

Tags:, ,
Historiador Prof. Me. Hélder Hosokawa participando da live de exposição em comemoração aos 95 anos do Prédio Central do UNASP.

Devido a pandemia da COVID-19, os museus de todo o mundo têm procurado realizar suas atividades no ambiente virtual. Centenas de lives, cursos, palestras, visitas guiadas e outras programações – que antes eram realizadas presencialmente – são agora oferecidas nas plataformas digitais. Por esse motivo, e seguindo as recomendações sobre o distanciamento social, o Centro de Memória do UNASP São Paulo intensificou sua presença nas mídias sociais, e tem conseguido aumentar o engajamento de seu público online.

Em 2020 o UNASP São Paulo completa 105 anos, e uma série de programações planejadas migraram para o ambiente virtual. Entre elas está a série de eventos intitulada “UNASP e suas memórias”. 

“O Centro de Memória do UNASP São Paulo tem se mobilizado em uma série de ações para divulgar a história de nossa Instituição e a memória de nossos pioneiros. Dentre estas ações destaca-se a realização de lives nos sábados à tarde, com bate-papos envolvendo personalidades que se formaram na instituição e têm muitas memórias sobre nossa história, relembrando homens e mulheres de fé e coragem que trabalharam diligentemente para a construção e crescimento do Colégio. Conversamos sobre as memórias dos nossos cursos, de nossos mestres e o desenvolvimento da missão adventista em São Paulo, e no país”, conta a Dra. Gabriela Abraços, pesquisadora do Centro de Memória.

LIVES E ENTREVISTAS

Prédio Central do UNASP. Arte: Devson Lisboa

Todos os sábados às 16h, lives ou entrevistas são disponibilizadas nas redes sociais do Centro de Memória e do UNASP São Paulo. As entrevistas são realizadas com ex-alunos e colaboradores da instituição e acontecem quinzenalmente, sendo que cada uma possui um tema diferente onde pesquisadores convidados comentam detalhes da história do UNASP a partir de fotos e objetos do acervo do Centro de Memória.

Personalidades que já foram entrevistadas:

Convidados que já participaram ao vivo:

Para assistir os materiais, acesse: www.youtube.com/memoriaunaspsp

EXPOSIÇÃO ONLINE

Uma das comemorações planejadas incluía o aniversário de 95 anos do Prédio Central do campus. O edifício foi construído em 1925, mantendo quase todas as suas características arquitetônicas preservadas, tornando-se um ícone do UNASP por esse motivo.

Para comemorar esta data e lançar a exposição virtual “Prédio Central 95 anos”, o Centro de Memória UNASP São Paulo organizou uma live com o Prof. Me. Elder Hosokawa (historiador, coordenador e professor do UNASP Engenheiro Coelho). A palestra mostrou detalhes inéditos da história da instituição e do Prédio Central, frutos de pesquisas históricas realizadas há mais de 20 anos por ele.

Confira a programação gravada:

A exposição virtual foi organizada de maneira interativa com ex-alunos e colaboradores do UNASP. “Esse ano procuramos nos conectar ainda mais com o nosso público virtual. Quando começamos a organizar a exposição virtual fiquei pensando o que poderíamos fazer para engajar esse público, então surgiu a ideia de fazer a exposição de maneira colaborativa. Lançamos a campanha nas redes sociais para que alunos, ex-alunos e colaboradores que tem fotos com o Prédio Central em seus acervos pessoais, participassem da exposição enviando suas fotos e compondo a seção “Prédio Central e suas memórias”, explicou Emily Bertazzo, coordenadora do Centro de Memória do UNASP.

O vice-reitor e diretor geral do UNASP campus São Paulo, Dr. Pr. Douglas Menslin, foi o responsável por conduzir a abertura do evento. “Comemorar os 105 anos do UNASP e os 95 anos do prédio mais significativo da Colina traz um sentimento de respeito para com a história da nossa instituição. A história tem a sua relevância. O passado traz pra nós muitas lições. Não se constrói uma instituição sólida sem retornar ao seu passado, sem retornar as suas origens, sem retornar ao seu legado. A história desse prédio congrega a história de centenas de vidas que por aqui passaram, onde puderam deixar suas marcas e também receber a marca da instituição. Essas construções nos mostram que não comemoramos apenas um tempo de existência, mas comemoramos o sucesso, o êxito de milhares de jovens”, disse. 

Acompanhe aqui a exposição virtual!