Campanha de doação de sangue no Unasp incentiva novos doadores

Impacto Social

Escrito por

Cleidiane Araújo

Publicado em

20 set 2018

Crédito imagens

Divulgação

Os voluntários também tiveram a oportunidade de fazer um cadastro para doação de medula óssea

Para algumas pessoas pode ser mais uma campanha de Doação de Sangue, mas para outras é mais uma chance para viver. O espírito de doador moveu muitos alunos e comunidade no Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho nesta quarta-feira (19). A campanha é uma parceria do Unasp com o Hemocentro da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) que todos os anos mobiliza mais pessoas a se tornarem doadores de sangue.

A atuação do hemocentro visa manter os estoques de sangue que atende as cidades da Região Metropolitana de Campinas.  Doar sangue é um ato de solidariedade e de amor ao próximo, com apenas uma doação de 500ml de sangue pode salvar até quatros vidas.  “Já tive o privilégio de doar sangue 4 vezes, e faço isso por que, acredito que o meu sangue pode ajudar as pessoas que precisam ”, ressalta a estudante Thalita Gerez.

 “Quem participou da doação necessita tomar alguns cuidados, como evitar esforços físicos, beber bastante água, se alimentar adequadamente, não dobrar o braço pós doação para evitar dores e hematomas no local”, enfatiza a enfermeira Kelly Costa.

 Doação de medula óssea

A campanha também ofereceu aos interessados a oportunidade de fazer o cadastro de doadores de medula óssea. As pessoas que se cadastraram retiraram uma amostra de sangue de aproximadamente 10 mililitros que será encaminhado ao laboratório para identificar as características do doador. Depois do cadastro, o dado do doador é armazenado em bancos de doadores de medula óssea. Este será consultado sempre quando houver alguém precisando do transplante de medula óssea.

 O procedimento é a única esperança de cura para muitos portadores de doenças como leucemia, anemia, aplasia entre outras doenças que afeta as células do sangue. A medula óssea do doador se recompõem em aproximadamente quinze dias após o procedimento.