Campanha de doação de sangue do Unasp aumenta número de doadores

Impacto Social

Escrito por

Jota Terres

Publicado em

23 Maio 2019

Crédito imagens

Aicom

 

O número de bolsas de sangue coletadas aumentou em comparação ao ano de 2018

A Unidade Móvel do Hemocentro da Unicamp realizou campanha de doação de sangue nesta quarta-feira (22) no Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), em Engenheiro Coelho (SP). A coleta faz parte do projeto “Mil coletas em dez dias” promovido pelo Hemocentro de Campinas (SP).

A parceria entre o Unasp e o Hemocentro da Unicamp existe há 13 anos e já beneficiou inúmeras pessoas. A ação alcançou 81 doadores de sangue. O número de bolsas de sangue coletadas aumentou de 78 para 81 em comparação ao mesmo período do ano passado. Os números são considerados altos para municípios menores, como Engenheiro Coelho.

O número de bolsas de sangue coletadas aumentou de 78 para 81 em comparação ao ano passado.

O gesto solidário da doação de sangue é ressaltado pela organizadora da campanha no Unasp, Kelly Costa. “Essa parceria entre o Unasp e o Hemocentro da Unicamp serve para demonstramos nossa solidariedade para com o semelhante. Uma oportunidade para que nossa população revele seu amor ao próximo”, comenta.

Segundo o Hemocentro, os Bancos de Sangue no Brasil sempre trabalham com déficit, visto que, em média apenas 1,2% da população brasileira está apta a doar sangue. Para suprir as necessidades do País, este número precisaria atingir 8% com ao menos uma doação anual de cada doador. A doação no Unasp ajudará a manter os estoques de sangue que atende as cidades da Região Metropolitana de Campinas.

“Através de campanhas como esta nós esperamos cada vez mais, conscientizar as pessoas sobre a importância deste feito. Muito mais do que apenas uma ação solidária corriqueira que realizamos todos os dias, o ato da doação de sangue e de medula óssea salva a vida de milhões pessoas por ano em todo mundo. Precisamos ajudar o próximo da maneira que conseguimos”, afirma Romano Gonçalves do Santos, técnico administrativo hospitalar do Hemocentro da Unicamp.

O que é preciso fazer para doar sangue?

Campanha mobilizou universitários e comunidade do Unasp.

Para tornar-se doador de sangue, o candidato deve dirigir-se a um banco de sangue portando um documento oficial com foto; lá será cadastrado e passará por uma entrevista com profissional de saúde, em local que garanta a privacidade e o sigilo das informações.

Esse profissional realiza uma entrevista padronizada, visando proteger o futuro receptor do sangue e também o doador. Além disso, o futuro doador faz um exame de “ponta de dedo” para verificar se tem anemia e tem aferidas sua pulsação, pressão arterial e temperatura.