Biotério e Laboratório de Engenharia da Computação ampliam infraestrutura para pesquisa

Cultura e Ciência

Escrito por

Murilo Pereira

Publicado em

25 out 2017

Crédito imagens

Herbert Ferreira

O Unasp campus São Paulo inaugurou nesta terça-feira, 24 de outubro, dois importantes espaços para o ensino e para a pesquisa científica. O laboratório de Engenharia da Computação e o Biotério.

Contemplando os cursos Engenharia da Computação e Ciência da Computação,  o laboratório oferece estrutura moderna e completa para a criação e a experimentação de projetos inovadores tanto na área de Inteligência Artificial quanto de Robótica.

Este espaço atenderá aos universitários de ambos os cursos de graduação e ainda beneficiará os estudantes de ensino médio do Colégio Unasp com ênfase em Tecnologia da Informação (TI).

“Este laboratório foi criado para as aulas práticas de disciplinas como Circuitos Elétricos; Eletricidade Aplicada; Robótica; Eletrônica: analógica e digital e Arquitetura de Computadores. Os equipamentos disponíveis como computadores; fontes reguladoras; osciloscópio; braços robóticos e robôs tornam este laboratório muito moderno, pois todos são equipamentos lançados pelo fabricante no ano de 2017. Desta forma, proporciona ao aluno a melhor vivência prática do conteúdo ministrado em sala de aula”, explicou o coordenador dos cursos, professor Laercio Carpes.

Biotério

Significativa aquisição para o ensino e pesquisa dentro do campus é o Biotério, também inaugurado nesta terça-feira, 24. Com equipamentos da mais recente tecnologia e com modernas instalações que o tornam completo, cada detalhe desta infraestrutura segue as normas da legislação vigente para funcionamento de biotérios em universidades.

O espaço atenderá projetos de pesquisa para os cursos da área de saúde, de Ciências Biológicas e também do Mestrado em Promoção da Saúde.

O Unasp-SP nomeou o local de Biotério Garcia Rodrigues de Almeida, em homenagem ao professor que dedicou 35 anos de trabalho ao ensino no Unasp, nos campi Hortolândia e São Paulo. A maior parte deste período foi no Unasp-SP onde por 19 anos lecionou nos cursos de Enfermagem; Ciências Biológicas e acompanhou como docente o início dos cursos de Educação Física, Fisioterapia e Nutrição.

“Recebo este reconhecimento com alegria. Eu acho que fiz a minha parte não pensando em coisa nenhuma além de ajudar aqueles que precisavam. Agradeço muito a instituição e os administradores por lembrarem do meu nome”, expressou Garcia.

Mestre em Fisiologia Humana e Biofísica e doutor em Engenharia de Alimentos no setor de toxicologia de alimentos, foi o mentor de muitos dos doutores e mestres que hoje conduzem as disciplinas, os cursos e as pesquisas no Unasp-SP. Seu legado ainda trouxe contribuições para a pesquisa nacional ao influenciar alunos que hoje atuam em diversas universidades do Brasil.

O homenageado desejou registrar para os atuais universitários do Unasp-SP os conselhos que incentivou a muitos de seus ex-alunos a seguirem carreiras de êxito acadêmico e profissional.

“Não parem onde estão. O conhecimento e o saber são infinitos. Quanto mais buscarmos mais encontraremos. Que se especializem e melhorem as condições para servir, sendo o melhor profissional. Continuem estudando para que cresçam e sejam uteis para a sociedade. Alunos meus já são reitores de universidades federais por aí. Essas coisas eu falei para eles e eles ouviram”, lembrou.

Professor Garcia, ao centro, ao lado dos professores e pesquisadores do Unasp-SP que receberam a sua influência para a carreira acadêmica e científica. Da esquerda para a direita, Enios Duarte, Leslie Portes e Antenor Santos. Acompanhados pelo o diretor administrativo, Denilson Paroschi, que apoiou a construção do Biotério.

Biotério: Área limpa para procedimentos de pesquisa.

Biotério: Espaço destinado às análises.

Biotério: Espaço destinado ao manejo de materiais já utilizados e descarte de material biológico.

Laboratório de Engenharia de Computação

Estudantes do Ensino Médio com ênfase em TI participam de aula no laboratório de Engenharia da Computação.

Professor Laercio Carpes, coordenador dos cursos de Engenharia e Ciência da Computação, ensinando técnicas de robótica no laboratório.