Bibliotecária do Unasp destaca a importância da carreira

Cultura e Ciência

Escrito por

Jota Terres

Publicado em

12 mar 2019

Crédito imagens

Jota Terres

Lia Holdorf trabalha na instituição há 19 anos e se declara apaixonada pela profissão

O Dia do Bibliotecário é comemorado a cada 12 de março. A data foi estipulada no Brasil desde 1980. Este profissional, antes associado somente aos livros físicos, fichas e manuais, a partir das últimas décadas precisou se reinventar e passou a trabalhar com o gerenciamento de informações, manuseio de publicações e o avanço tecnológico.
“A informação sempre vai existir, então sempre haverá a necessidade de um profissional que organize e divulgue. Independente do suporte: papel, digital ou qualquer outro”, afirma a bibliotecária Lia Holdorf. Desde 2000, Lia atua na gerência do Setor de Processamento Técnico da Biblioteca Universitária Dr. Enoch de Oliveira, do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho.
“No decorrer da vida, esta foi a opção a que me foi ofertada e eu a abracei. Fiz o curso com muito amor. Hoje, sou feliz em dizer que sou apaixonada em trabalhar com informação, principalmente com pesquisa”, declara a bibliotecária, com um sorriso no rosto.

Biblioteca Unasp

Em 2019, a Biblioteca Universitária Dr. Enoch de Oliveira completa 28 anos de história. São quase três décadas, onde semanalmente estudantes de diferentes idades e de diferentes lugares do mundo se encontram para produzir trabalhos, realizar pesquisas nas bases de dados ofertadas, ou somente se atualizar com os conteúdos das revistas e livros ali expostos. Só em fevereiro deste ano, foram ao todo, 3. 102 empréstimos de material.

Bibliotecária apresenta aos alunos os serviços disponibilizados pela Biblioteca do Unasp.

“A biblioteca é lugar muito calmo e propício para o aprendizado. Os livros são bem rápidos de serem encontrados, a gama de títulos é enorme, sem falar das bases de dados. Sem dúvida a biblioteca supre a necessidade que o estudante exige.  Eu creio que atende as necessidades”, confirma Gustavo Erick Diniz, aluno do segundo ano de Teologia.

Com o avanço da tecnologia e o aumento expressivo de alunos na instituição, o Unasp investiu em aparatos tecnológicos. A biblioteca é equipada com pontos de Wi-Fi, máquina de reprografia, computadores com acesso à internet e a bases de dados remotamente. Tudo isso, para que o estudante tenha um aprendizado completo. Este ano tem mais uma novidade:  para atender as necessidades daqueles que precisam obter informações dos E-books, os livros e artigos digitalizados, a instituição adquiriu 15 tablets. Ao todo são quinze equipamentos que além de reduzirem o peso dos livros, oferecem uma maior portabilidade dentro da biblioteca.

“Essa possibilidade do uso dos tablets irá facilitar a portabilidade e dar agilidade ao acesso. Dos materiais que já procurei, tive fácil acesso. Todo o tramite necessário para o empréstimo foi bem rápido. Os atendentes procuram sempre auxiliar com agilidade e prontidão”, menciona Gabriela do Santos Carvalho, aluna do primeiro semestre de Engenheira Civil.

Horário de funcionamento

Segunda a quinta-feira, 8h às 22h30
Sexta-feira, 8h às 16h
Domingo, 8h às 17h