Aula Magna “Deixe Sua Marca” desafia estudantes a serem protagonistas

Acontece no Unasp

Escrito por

Glória Barreto

Publicado em

03 maio 2021

O domingo é um dia de lazer para a maioria das pessoas, porém, no último 02 de maio, foi dia de aprendizado para mais de 500 espectadores que acompanharam a live Deixe sua Marca, promovida pelo UNASP.

Cenário de estúdio em que a Live Deixe sua marca foi transmitida
Aula Magna – Deixe sua Marca foi apresentada em forma de Live com a participação de alunos dos três campi UNASP e alunos da EAD.

A ideia do projeto foi envolver os três campi UNASP e alunos da Educação Adventista a Distância (EAD) em uma Aula Magna, para falar sobre comprometimento pessoal na construção individual e institucional de uma marca permanente e diferenciada.

O professor convidado para falar aos alunos foi o antropólogo Luiz Almeida Marins Filho, que na palestra Deixe sua Marca, incentivou os estudantes a serem assertivos na formação de sua identidade.  “A marca será o grande capital das empresas e das pessoas no século 21. A gente é que faz a nossa marca. Se nós não formos os protagonistas da nossa história, se não formos os roteiristas da novela, que é a vida da gente, quem vai ser? ”, desafiou Marins.

O estudante de administração, Gabriel Sant’ana, que acompanhou a aula, destacou o impacto de algumas palavras do antropólogo sobre ele. “A palestra foi recheada de bons momentos e de frases marcantes, porém a frase que mais me marcou foi: ‘quando a gente perde a vontade de querer perdemos a razão de viver’, pois se a inteligência é luz, a vontade é o que nos motiva a iluminar”, identificou Sant’ana.

Marca UNASP

No início da programação, o reitor do UNASP, Martin Kuhn, também relembrou a história da marca UNASP. Contando a sobre a instalação do curso de enfermagem na instituição, o segundo curso de enfermagem do Estado de São Paulo e sua importante contribuição histórica na formação de milhares de profissionais da área.

Martin Kuhn, reitor do UNASP, falando na Live.
Reitor do UNASP, Martin Kuhn, relembrou um pouco da história e da missão da Instituição

“Eu sempre gosto de relembrar as pessoas o que é o UNASP, a sua fundação em 1915 e seus 106 anos de existência. A nossa fundação tem como propósito erigir uma universidade para educação e salvação dos jovens e para o engrandecimento da pátria”, relembrou o reitor.

Sou Enadista e agora?

Outro assunto tratado durante a aula foi o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), avaliação que o UNASP deve participar nesta edição com aproximadamente 37 cursos de graduação.

Devido a pandemia o governo adiou as provas do Enade 2020, que devem ser realizadas este ano, juntamente com as avaliações do Enade 2021. A cada edição são selecionados uma série de cursos, e os alunos destas áreas, sejam formandos ou que já tenham completado 80% do curso, devem participar do exame.

Segundo o Assessor de Garantia de Aprendizagem do UNASP, Edilei de Lames, alguns alunos nunca ouviram falar do Enade, enquanto outros já estão mais por dentro do assunto. Para ajudar a ambos, o UNASP está preparando diversas atividades para apoiar e facilitar o bom desempenho dos alunos. “Existe um cronograma que preparamos para o semestre, que incluem atividades como simulados, atividades que promovam conhecimentos gerais, revisões nas disciplinas e dois encontros focados nos enadistas”, elencou de Lames.

Deixe sua marca

Outro paralelo destacado na Aula Magna foi a responsabilidade de cada estudante na construção de uma marca enquanto enadistas. Afinal, um bom resultado no Enade garante ao curso uma boa avaliação e ao mesmo tempo reflete na valorização do currículo do estudante, que ao entrar no mercado de trabalho estará formado por uma instituição bem-conceituada.

A estudante, Noemi Almeida, que cursa o sétimo semestre do curso de jornalismo e vai participar do Enade 2021, conta que a realização da prova deve ser levada à sério e a participação consciente do estudante na avaliação nacional é muito importante. “Ninguém quer vir de uma faculdade que não tem credibilidade no mercado, não é mesmo? O Enade é uma das coisas que define isso. E caso o aluno ache que o curso precise melhorar, também é uma oportunidade para fazer com que a instituição ganhe recursos parar avançar em ensino, pesquisa ou extensão”, destacou Noemi.

Assista a programação completa: