Aula Magna de Direito em Engenheiro Coelho aborda volume de processos em tramitação no Brasil

Acontece no Unasp

Escrito por

Eric Mota

Publicado em

04 mar 2020

Crédito imagens

Aicom e Eric Mota

O assunto foi abordado pelo Procurador da República e professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Edilson Vitorelli,

O número de processos no judiciário brasileiro vem caindo anualmente. Em 2015 eram mais de 105 milhões ações em tramitação. Já em 2018, segundo levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o volume era de 80 milhões de processos aguardando definição. O assunto foi abordado pelo Procurador da República e professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Edilson Vitorelli, durante Aula Magna da faculdade de Direito do Centro Universitário Adventista de São Paulo, campus Engenheiro Coelho. O evento marca oficialmente o início das atividades acadêmicas do curso na instituição.

Com o tema “Confins do Processo, a vida durante e depois do direito”, Edilson Vitorelli, o apresentou os problemas relacionados aos processos judiciais brasileiros. Entre eles, o fato de o país aglomerar mais de 80 milhões de casos processuais estagnados, sendo que, a média de resoluções não ultrapassa 7 milhões por ano. “A aula Magna é sempre momento para estabelecer um tema de reflexão para o aluno ao longo do semestre. Nesse caso, o processo é uma questão de efetividade. Não adianta termos 80 milhões no judiciário, se não conseguirmos resolver 80 milhões de problemas”, aponta.

“O professor Edilson Vitorelli é uma representação em vários sentidos e uma inspiração aos alunos. Ele sempre aborda temáticas de forma compreensível. Também é uma inspiração nos estudos, veja a sua mais nova obra publicada que ganhou o prêmio de melhor livro de processo do mundo no Japão”, exalta o coordenador do curso de Direito, Filipe Piazzi.

Os universitários também receberam informações e orientações sobre redes sociais e engajamento em atividades da universidade. Com a aula, a universitária Anita Leal, afirmou alcançar uma noção mais ampla da profissão. “O que mais me encantou foi o fato dele explanar esses assuntos de forma muito simples. A maior lição que tirei foi a vontade de fazer diferença que, como ele disse ao final, se o tempo passar, e a gente não mudar agora, nunca vai acontecer a mudança”, comenta.

Confira algumas fotos do evento: