Atos 29 apresenta projetos missionários

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

27 ago 2014

“Os alunos de nossos internatos que provaram o amor de Cristo, em especial, devem desenvolver aptidões sociais, pois dessa maneira podem ganhar almas para o Salvador.” Com o objetivo de cumprir este ideal missionário da Educação Adventista citado por Ellen White em seu livro Conselhos Sobre Educação, alunos do Unasp-EC resolveram se unir para realizar trabalhos sociais, comunitários e religiosos com nas cidades circunvizinhas ao campus.

Assim foi feita a iniciativa de assistência social, religiosa e humanitária denominada Atos 29. Onome da ideologia que une vários grupos de estudantes do Unasp-EC é uma alegoria ao livro bíblico de Atos dos Apóstolos que tem 28 capítulos e é conhecido pelos teólogos por relatar os feitos dos discípulos de Jesus e por não ter um final concreto. O número 29, portanto, seria uma continuação do ideal missionário que permeia os personagens de Atos.

A ideia da iniciativa Atos 29 tem como objetivo principal promover a busca pelo Espírito Santo através da comunhão direta com Deus. Descobrir maneiras de servir a Deus e ao próximo através dos dons naturais também é um dos princípios dos participantes do movimento.Ajuda urbana aos menos favorecidos, visitas a presidiários, abrigo as crianças e assistência para com os idosos são alguns dos trabalhos realizados pelos grupos de estudantes que baseiam seu trabalho na filosofia do Atos 29.  

Além de unir os mais diversos grupos do Unasp, as ações do Atos 29 também são abertas a novos membros que queiram participar e ajudar o próximo.No entanto é preciso passar por alguns treinamentos parar que o interessado possa ter os mesmo objetivos e ideais do ministério. Os treinamentos acontecerão no campus do Unasp-EC e as inscrições começarão a ser feitas no domingo, 31, durante o culto. “Todas as informação de como participar dos treinamentos e como funciona o trabalho do Atos 29 serão explicadas no culto do dia 31 de agosto”, esclarece a publicitária Kendra Paulienne, uma das coordenadoras do programa.

Culto especial

Para falar sobre o assunto os jovens que participam do Atos 29 realizaramum culto jovem na tarde de sábado, 23, para apresentar ao público um pouco sobre o trabalho do mesmo. Esteve presente também na celebração uma cantora adventista, a paulistana Roberta Spitanelli.