Arautos do Rei participa de encontro de pastores no campus

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

15 abr 2015

Diversos pastores de variadas denominações da cidade de São Paulo participaram de um encontro de pastores no UNASP-SP na última quinta,9 de abril. O evento promovido pelo UNASP-SP está em sua segunda edição e, neste ano, faz parte das comemorações centenárias da instituição.

O Quarteto Arautos do Rei fez toda a parte musical do programa e o pastor Ivan Saraiva, orador do programa “Está Escrito”, da TV Novo Tempo, fez a reflexão bíblica do encontro.

Baseado no texto bíblico de II Timóteo 4:1-5, ele incentivou os presentes a pregarem a palavra. “Não existe tempo bom ou tempo ruim para a pregação da Palavra. Todo tempo é tempo de pregar a Palavra de Deus”, afirmou Saraiva.

Ele ainda disse que, ao pregar a Bíblia como se deve, muitos não vão gostar, mas a Bíblia deve ser pregada e não vendida. Para o pastor da sede nacional da Igreja O Brasil Para Cristo, Paulo de Melo, que participou do evento, o orador tem toda razão. “Como o pastor Ivan Saraiva disse, o maior desafio hoje é não vender a Palavra, pois, sem ser exagero, hoje, noventa por cento vendem, na mídia, a Palavra de Deus, a Bíblia da prosperidade, sete passos para ficar rico e todo aquele besteirol. O grande desafio é se contextualizar sem se adulterar, ser moderno sem se vender”, comenta ele que é um admirador do Quarteto Arautos do Rei e já pensa em convidá-los para cantar em sua igreja.

O pastor responsável pela área ministerial da Igreja Adventista no Estado de São Paulo, Edilson Valiante, diz que esse encontro é importante para estreitar laços e fazer contatos. “Nós sempre incentivamos nossos pastores a manterem bons relacionamentos. Esse encontro no UNASP-SP é mais uma demonstração de que nossa instituição está sempre de coração aberto, recebendo os pastores. A mistura de nossos pastores com os pastores de outras denominações cria um clima amistoso, quebra barreiras e cria uma relação muito agradável”, comenta ele.

Alguns pastores participaram pela primeira vez do evento, como é o caso do pastor Jeferson Bagela, da Igreja Assembleia de Deus do Brás. Ele apreciou muito o convite. “Sem sombra de dúvida, esse evento foi uma ideia genial. Quando eu recebi o convite, fiquei muito feliz. Faltam muitas igrejas cristãs aderirem a essa ideia. Estejam presentes nos próximos, porque é um evento maravilhoso em que o denominador comum é Jesus e estamos conhecendo, e vamos conhecer, pessoas que agregam a nossa cultura”, frisa ele.

Alguns participantes já conheciam o UNASP-SP, como pastor titular da Igreja Batista Central de Santo Amaro, pastor Jairo Ribeiro. Ele já veio ao campus alguns anos atrás. Além de pastor, ele é pedagogo e diz apreciar o ensino oferecido pela instituição. No que diz respeito ao encontro, diz ter sido produtivo e gostou de toda a recepção. “A gente percebe que há uma preocupação em buscar mais pontos em comum do que discutir os divergentes. O maior desafio que temos, e aí eu aplaudo de pé a Igreja Adventista, é de fazer um investimento forte na questão da educação, e na questão de trabalhar, voltados para o bem-estar da sociedade, independente da bandeira religiosa que a gente levante. Uma das coisas mais importantes é trabalharmos buscando, para a sociedade, algo que transforme a vida, considerando também o aspecto social, e a educação é tudo”, destaca ele, que já trabalhou na USP.

Ribeiro é um admirador da música adventista e dos Arautos do Rei, mas nunca os tinha visto ao vivo. “Fiquei bastante admirado pela qualidade musical. Até peguei e-mail do grupo para levá-lo em nossa igreja. Para aqueles que não puderam vir, quero dizer quevale a pena engrossarmos as fileiras das instituições que têm trabalhado em favor da educação, da qualidade no ensino e também na religiosidade. Afinal, defendemos a mesma bandeira: Deus, educação e gente!”, conclui.