Universitários da Faculdade de Direito do Unasp são aprovados em exame da OAB

Profissão e Mercado

Escrito por

Jota Terres

Publicado em

10 jun 2019

Crédito imagens

Arquivo

O índice de aprovação dos universitários do Unasp foi maior do que os outros anos

O sistema de ensino do curso de Direito do Unasp tem ajudado no nível de aprovação dos alunos.

Estudantes da Faculdade de Direito do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, foram aprovados na XXVIII prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Na edição passada, 16,79% dentre os 125 mil inscritos foram aprovados (20.995 aprovados). Desde sua fundação, a Faculdade de Direito do Unasp se destaca em aprovação no exame. Só este ano, mais de 40% dos estudantes de Direito inscritos receberam a sonhada aprovação.

O Exame da OAB é uma prova realizada a nível nacional, a fim de avaliar o conhecimento e os atributos dos bacharéis de Direito para o exercício da advocacia. Em outras palavras, é o requisito mínimo para o profissional com formação em Direito exercer a profissão de advogado.

Um dos aprovados foi Francisco Francineudo, estudante do quinto ano de Direito. Através de muito estudo, o aluno do Unasp foi aprovado já na primeira vez que realizou a prova. “O curso de Direito do Unasp além de ter um excelente corpo docente, tem iniciativas muito boas, tanto no incentivo para o exame da OAB, quanto na parte prática do Direito, a ampliação dessas áreas no curso é perceptível”, afirma.

Provão Direito

Esse ano a coordenação de direito organizou aulões preparatórios para a prova da OAB.

Desde o começo deste ano a coordenação da Faculdade de Direito promove aulas de revisão para preparar o universitário do primeiro ao quinto ano a ter os conhecimentos específicos e básicos para prestar a prova da OAB. “O exame é complexo, possui duas fases e abrange 17 disciplinas do currículo de Direito, portanto, estar preparado é imprescindível para obter êxito. Além dos conteúdos que serão ofertados de uma forma dinâmica, os palestrantes sempre motivam os estudantes a controlar o nervosismo e obter a estabilidade emocional durante as horas da prova”, destaca Igor Emanuel de Souza, coordenador adjunto do bacharelado. A coordenação do curso irá promover este estilo de revisão com antecedência para as provas futuras. Na próxima revisão, a coordenação ainda prevê abordar um maior número de assuntos.