Apresentação inédita com mais de 90 músicos celebra centenário do Unasp

Não Classificado

Escrito por

Redação

Publicado em

18 nov 2015

Cerca de 90 músicos que tem a história marcada pela tradição musical do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp) se reuniram no último domingo, 15 de novembro, para celebrar o centenário da instituição de ensino adventista com mais tempo de existência no Brasil. Foram duas sessões do espetáculo, que atraiu cerca de 7 mil pessoas ao Citibank Hall, na zona sul da capital paulista.

Os grupos Prisma Brasil, Novo Tom, Tom de Vida e Vocal Livre se juntaram às vozes de Rafaela Pinho, Joyce Carnassale, Lineu Soares, Daniel Lüdtke e Ronaldo Arco. As melodias foram tocadas pela Orquestra do Unasp-SP. Além disso, algumas músicas tiveram a participação especial de um coral formado por alunos de todos os níveis educacionais do Unasp-SP. Foi a primeira vez que os principais expoentes da música de três campus do Unasp fizeram parte de uma única apresentação.

O critério para a escolha dos músicos foi a identificação deles com a Instituição. Todos eles, além de terem tido algum vínculo com o Unasp – profissional ou acadêmico – devem parte da própria formação musical à instituição. “Estudei por 6 anos no Unasp. Nesse tempo tive a oportunidade de desenvolver meu talento musical. Cantei em um quarteto, solei uma música de coral pela primeira vez, foi a primeira vez que cantei um solo em um coral. Enfim, grande parte do meu desenvolvimento musical foi no Unasp”, relatou Daniel Lüdke.

Entre os cerca de 7 mil presentes, estavam representantes do governo estadual e municipal e de outras instituições de ensino. Na internet, o concerto atraiu a atenção de mais pessoas. Além da interação em tempo real por meio das redes sociais, a rádio Unasp registrou picos de mais de 8 mil ouvintes simultâneos. Teve interação com internautas de Rondônia e Canadá, por exemplo.

Passado, presente e futuro

Durante a performance dos músicos, três painéis de LED mostravam imagens com ações de alunos do Unasp. Foi possível aos presentes ver as fotos dos primeiros estudantes da instituição no pórtico com a inscrição “Colégio Adventista Brasileiro”. O registro remonta a 1915, quando o primeiro internato adventista brasileiro foi inaugurado. As imagens também mostraram a expansão do próprio campus localizado hoje no bairro do Capão Redondo, na zona sul da capital paulista.

Anos depois, o Colégio Adventista Brasileiro passou a ser chamado de Instituto Adventista de Ensino (IAE). A linha histórica acompanhou também o desenvolvimento de outros campus, localizados em Engenheiro Coelho e Hortolândia, municípios do interior paulista. Hoje, o Centro Universitário Adventista de São Paulo tem quatro campus – em São Paulo, Engenheiro Coelho, Hortolândia e um na internet, que oferece ensino à distância.

Segundo o reitor do Unasp, Euler Bahia, o musical pode divulgar ainda mais a importância dos campi. “Foi possível reunir os talentos e outros profissionais do Unasp para uma celebração junto com a sociedade. Para nós, foi um fato marcante e nos projeta para um futuro de uma instituição integrada”, acrescentou o reitor.

[Equipe ASN, Lucas Rocha, com a colaboração de Kimberly Cruz e Ana Paula Lima]

Foto: Kelly Milhomens