Alunos do Unasp apresentam pesquisa em Simpósio Internacional da USP

Acontece no Unasp

Escrito por

Tátila França

Publicado em

07 nov 2019

Crédito imagens

Élder Hosokawa/ Arquivo pessoal

 

Alunos dos cursos de História do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, participaram do 27º Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP (SiicUSP). Esta foi a primeira vez que representantes do Unasp participaram deste evento, que ocorreu na capital paulista.

A primeira etapa do Simpósio aconteceu em setembro, quando os trabalhos de todos os concorrentes foram analisados. Para a segunda etapa que aconteceu no último dia 5 de novembro, considerada a semifinal, os estudantes Felipe Pereira, Joubert Nogueira e Lucas dos Santos apresentaram o trabalho “Patrimony and Social Identity: The Contribution of the Residency Pedagogical”.

“A história de Engenheiro Coelho era pouco sistematizada. Ao começar a pesquisa, foi descoberto coisas novas em relação a datas, inclusive até sobre o nome da cidade”, conta Lucas dos Santos.

Segundo o coordenador do curso de História, professor Élder Hosokawa que acompanhou todo o desenvolvimento da pesquisa, foi instigado nos estudantes o interesse e a curiosidade da descoberta dos verdadeiros fatos da cidade analisada. “Eu comecei a provocá-los para que conhecessem a história local”, afirma.

Ainda de acordo com o professor Hosokawa, o projeto foi embasado na Nova Base Nacional Curricular Comum (BNCC). “Metodologias ativas, como o rádio e fotografias antigas foram usadas na pesquisa”. conta. Para ele, um dos aspectos que o estudo impressionou foi reescrever a história do município e inserir em um contexto local, nacional e internacional.

A análise foi realizada na Escola Antônio Alves Cavalheiro, localizada no centro de Engenheiro Coelho. O prédio escolar foi apresentado, na pesquisa, como mediador entre o passado e presente, além de um local onde se realiza o ensino, pode ser visto como um patrimônio material e cultural.

A pesquisa está na semifinal e disputa até com trabalhos de medicina. O resultado de menção honrosa será em dezembro. “Não havia entendido a dimensão do Simpósio. A surpresa veio mesmo quando estive lá e vi que tinha pessoas de todo o Brasil e até de fora”, declara o universitário Felipe Pereira.

Este estudo é fruto do Programa de Residência Pedagógica do Governo Federal. Esse Programa tem como objetivo integrar a Universidade com a comunidade, através de intervenções em alguma escola pública. A pesquisa feita pelos universitários procurou mostrar como os conteúdos programáticos da Base Nacional Curricular podem ser integrados com a história local.

 

Universitários dos cursos de História e Pedagogia participaram da primeira etapa do SiicUSP