Instituto de Pesquisa de Geociência

O Instituto de Pesquisa de Geociência (Geoscience Research Institute), fundado em 1958 – cuja sede é localizada em Loma Linda, na Califórnia (EUA) – foi estabelecido para examinar as evidências científicas e teológicas sobre as origens. O Instituto usa tanto as ciências naturais quanto a revelação bíblica para estudar a questão das origens, pois ele considera que o uso exclusivo da ciência seja uma abordagem muito limitada. O Instituto serve à Igreja Adventista do Sétimo Dia em duas áreas principais: pesquisa e comunicação.

O GRI Brasil (uma das sub-sedes do GRI), localizado no Unasp-EC, é um centro de estudos, produção e divulgação de materiais de interesse científico, teológico e filosófico na controvérsia Criacionismo x Evolucionismo.

Muitas discordâncias e até diálogos agressivos, entre evolucionistas e criacionistas, poderiam ser evitados, ou pelo menos minimizados, se tivéssemos dispostos a reconhecer, humildemente, os reais conflitos entre importantes e legítimas questões sobre as origens, levantadas naturalmente pela mente humana, e a insuficiência da própria metodologia científica.

Na realidade, verifica-se a presença marcante de uma componente não-científica, tanto no criacionismo (narrativas bíblico-históricas) como no evolucionismo ateísta (propostas filosóficas do naturalismo metafísico) que, evidentemente, não podem ser testadas empiricamente.

Acesse o site evidenciasonline e fique por dentro dos assuntos discutidos no GRI.

Notícias