Grade curricular e ementa das disciplinas

1º Semestre
Apresentação introdutória do problema filosófico-religioso de Deus, Sua existência, natureza, poder criador, revelação, amor e atuação na história deste mundo.
Caracterização do curso de bacharelado em Educação Física a partir das diretrizes curriculares e projeto pedagógico. Código de ética do profissional de Educação Física. Campo de atuação profissional
Elementos de lógica matemática; teoria dos conjuntos; indução e recursão; sequências eparalelismo; funções; conceito e descrição informal de algoritmos; tipos de operadores e deoperações; laços de repetição; elementos de estatística básica.
Introdução ao hardware e periféricos gráfico, estrutura genérica de softwares de desenho técnico. Primitivas gráficas e operações de manipulação de elementos gráficos. Execução de desenhos com softwares de desenho técnico. Desenhos 2D. Desenhos 3D. Vistas a partir de modelos 3D. Importação e exportação de dados. Uso de bibliotecas gráficas. Esboços e modelamento paramétrico. Aplicações especiais: dobra, solda, etc. Montagem de conjuntos. Visualização de movimentos e interferências.
Introdução às ciências sociais; o papel dasciências sociais na atualidade. A sociedade do conhecimento: a evolução do conhecimento, arevolução científico-tecnológica, o paradigma científico, a questão socioambiental. O homem nasociedade emergente: ética nas relações humanas, liderança pessoal e profissional.Globalização e a realidade brasileira: globalização econômica, globalização social, a sociedadecivil globalizada.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
2º Semestre
Usabilidade de sistemas interativos (requisitos, métricas, etc.). Diretrizes, princípios e teorias sobreIHC. Projeto de interfaces (menu, formulários, diálogos, ícones, grágicos, ajuda online, etc.). Interfacespara web. Avaliação de interfaces.
Leitura e interpretação de textos técnicos relativos a área de negócios em lingua inglesa. Identificação e análise linguística a partir do texto.
Intervalos Reais. Funções Reais. Geometria Analítica: Coordenadas. Retas. Curvas planas. Álgebra linear: Sistemas de equações lineares. Matrizes. Valores próprios. Aplicações. Noções de Geometria plana e espacial. Introdução ao cálculo numérico.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Estágio Curricular Supervisionado
3º Semestre
Diálogo entre a ciência e a religião. Origem do Universo. Origem da vida na Terra. Evidências de um Criador. Dilúvio universal. Implicações do criacionismo e evolucionismo.
Introdução à teoria da ciência. Estrutura de projetos de pesquisa em comunicação.Métodos e técnicas de pesquisa em comunicação.
Fundamentos de Sistemas Operacionais; Estruturas de Computadores e de Sistemas Operacionais;Gerenciamento de Processos; Escalonamento de Processador; Sincronização de Processos Concorrentes;Deadlocks; Gerenciamento de Memória; Memória Virtual; Sistema de Arquivos; Sistema de Entrada eSaída; Armazenamento Secundário; Estudo da Estrutura de Sistemas Operacionais Existentes.
Introdução à orientação a objetos: Classes e objetos. Atributos, métodos e comportamento;Encapsulamento, herança, polimorfismo e reusabilidade; Visibilidade de atributos e métodos; Herança,polimorfismo e sobrecarga em Java; Tratamento de exceção; Pacotes básicos da linguagem. Acesso abanco de dados; Interface gráfica e aplicações para a Internet; Recursos avançados da linguagem.
Noções de metrologia. Sistema Internacional de Unidade. Introdução àteoria de medidas. Cinemática do ponto - movimento unidimensional e movimento no espaço.Os princípios da dinâmica: as leis de Newton. Aplicações das Leis de Newton. Trabalho eenergia mecânica. Conservação de energia. Práticas laboratoriais em instrumentos demedidas; cuidados experimentais; erro experimental instrumental. Noções de propagação deerros experimentais. Influência do experimentador no resultado de um experimento Construçãode Tabelas e Gráficos.
A anti-derivada. Integral indefinida: definição e propriedades. Métodos deintegração por substituição e por partes. Problema do valor inicial. Somas de Riemann. Aintegral definida. Teorema Fundamental do Cálculo. Aplicações da integral definida: cálculo deáreas, cálculo de volumes, comprimento de arco. Integral imprópria.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Estágio Curricular Supervisionado
4º Semestre
A problemática da existência do mal e a solução oferecida pela intermediação divina através da pessoa de Jesus Cristo. Estudo do processo de reconstrução do homem a partir da influencia do cristianismo.
Árvores B, AVL, preto-e-vermelho. Implementação de árvores. Algoritmos de pesquisae ordenação. Heaps. Tabelas hash. Tipos abstratos de dados. Organização de arquivos.
Comunicação de Dados; Protocolos de Rede; Protocolo TC/IP; Tecnologias de Transmissão; Sistemaorientado a conexão; Sistema sem conexão; Camada de enlace; Camada de rede; Roteadores e gateway;firewall; Servidor de Autenticação; Servidor WEB, Servidor DNS, Servidor de Arquivo.
Funções de várias variáveis – conceito, gráficos. Cálculo de limites defunções de várias variáveis. Derivadas parciais – definição, plano tangente, vetor gradiente.Métodos de derivação de funções de várias variáveis. Derivadas direcionais. Máximos emínimos de funções de várias variáveis. Integral múltipla. Aplicações. Integrais curvilíneas.Integrais de superfície.
Estudo de sistemas de partículas. Colisões. Dinâmica de corpos rígidos.Estática dos fluidos. Dinâmica dos fluidos. Oscilações. Movimento ondulatório. Práticaslaboratoriais em choques translacionais; choques rotacionais; oscilações mecânicas; ondas;fluidos e tensão superficial; calorimetria e termodinâmica.
A importância do direito para os profissionais daengenharia. Noções básicas de conceitos jurídicos e estrutura do judiciário. Responsabilidadecivil. Licitação e contratos administrativos. O código do consumidor. Direito do Trabalho.Direito Tributário. Direito Ambiental. Direito Imobiliário. Direito Empresarial.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Estágio Curricular Supervisionado
5º Semestre
Conhecer a história mundial segunda a interpretação bíblica, enfocando as ações de Deus no passado, presente e Seus planos para o futuro.
Resolução de Sistemas de Equações Lineares: métodos diretos e iterativos; Métodos deInterpolação Numérica e Ajuste de Curvas: Lagrange, Newton, Mínimos Quadrados;Integração numérica; Resolução numérica de equações diferenciais ordinárias;
Álgebra de Boole e funções booleanas; Implementação de funções com portas lógicas universais;Projeto de circuitos combinacionais: circuitos lógicos aritméticos, circuitos codificadores edecodificadores, multiplexadores e demultiplexadores; Projeto de circuitos sequenciais: latch, Flip-Flop,registradores, contadores; máquina de estados finitos; Linguagens de descrição de hardware: VHDL.
Conceitos Fundamentais da Engenharia de Software; Engenharia de Sistemas; Engenharia deRequisitos; Análise de Requisitos; Modelos do Sistema; Especificação de Requisitos; Especificação Formalde Software. Processo de software, Modelos de Processos de Softwares, Planejamento e Gerência deProjetos de Software, Garantia e Controle da Qualidade, Gerência de configuração, Análise de Requisitos,Projeto, Implementação e Testes, Entrega e Manutenção. Verificação e Validação do Projeto de Sistema.
Estudo de sistemas de partículas. Colisões. Dinâmica de corpos rígidos.Estática dos fluidos. Dinâmica dos fluidos. Oscilações. Movimento ondulatório. Práticaslaboratoriais em choques translacionais; choques rotacionais; oscilações mecânicas; ondas;fluidos e tensão superficial; calorimetria e termodinâmica
Conceitos básicos. Noções de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.Grandezas elétricas e unidades de medida. Circuitos básicos, leis e medidas elétricas. Componentes deCircuitos elétricos. Magnetismo e eletromagnetismo básico. Correntes e tensões alternadas. Potência emCircuitos CA. Capacitância. Indutância. Transformadores. Instrumentos e medidas.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Estágio Curricular Supervisionado
6º Semestre
Conhecimento e prática dos conceitos bíblicos e científicos de saúde. O estilo de vida adventista. O conceito de saúde integral e dos fatores que contribuem para a saúde. Relação da mensagem de saúde com a terceira mensagem angélica e o testemunho cristão.
Técnicas adicionais de análise. Análise de circuitos de primeira e segunda ordens. Associações decargas. Técnicas de análise de circuitos. Circuitos RLC. Motores Elétricos. Técnicas de análise nodal e demalhas (Lei de Kircchoff). Análise de circuitos em regime permanente senoidal. Análise de potência emregime permanente senoidal.
A empresa e sua organização. O papel doengenheiro na administração. Planejamento. Controle. Direção de pessoas. Questões daAdministração do Sec. XXI.
Noções básicas de estatística descritiva e inferencial. Estudo de probabilidade e suas distribuições. Variáveis aleatórias. Modelos probabilísticos discretos e contínuos. Estimação de parâmetros. Intervalos de confiança. Testes de hipótese paramétricos e não paramétricos. Análise de Variância.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Estágio Curricular Supervisionado
7º Semestre
Conhecer os princípios éticos cristãos que devem orientar o comportamento pessoal e profissional. Incorporar o maior número possível desses princípios à sua vida pessoal e/ou profissional, incluindo a proteção dos direitos da pessoa com transtorno do espectro Autista.
Programas, máquinas e computabilidade. Modelos computacionais universais. Teoria dos grafos:grafos, sub-grafos, adjacência, caminhos e ciclos. Isomorfismo. Conectividade. Ciclos eulerianos ehamiltonianos. Teoria dos Grafos.
Fundamentos de sistemas distribuídos. Modelos e arquitetura de sistemas distribuídos. Comunicaçãoe sincronização de processos. Sistemas operacionais distribuídos. Sistemas de arquivos distribuídos.Memória compartilhada distribuída. Tolerância a falhas. Segurança.
Diodos e Circuitos Retificadores. Filtros e Circuitos Reguladores de Tensão. Projetos de Fontes. EfeitoTransistor. Transistor como Amplificador classe A. Transistores Especiais. Amplificação DC e AC.Amplificadores Operacionais. Amplificador Operacional como Elemento de Circuito. Circuitos Especiaisque utilizam amplificadores operacionais. Noções Básicas de Eletrônica Digital.
Modelagem e simulação de sistemas dinâmicos contínuos e discretos. Linearização. Função detransferência de sistemas contínuos e discretos. Diagrama de blocos de sistemas contínuos, discretos ehíbridos. Análise no espaço de estados: autovalores, solução da equação de estados, decomposição dafunção de transferência, relações entre função de transferência e equação de estado, discretização domodelo no espaço de estados. Estabilidade de sistemas lineares contínuos e discretos. Análise de erro emregime e do desempenho da resposta transitória no domínio do tempo para sistemas lineares contínuos ediscretos. Efeito da adição de pólos e zeros na função de transferência. Análise de erro em regime edesempenho da resposta transitória via gráfico de Bode para sistemas contínuos.
Organização de Computadores; Conjunto de Instruções, Mecanismos de Interrupção e de Exceção;Barramento, Comunicações; Interfaces e Periféricos, Hierarquia de Memória; Unidade de Controle;Unidade Central de Processamento; Multiprocessadores; Multicomputadores; Arquiteturas Paralelas;Avaliação de Desempenho.
Leis Básicas: Quantidade de Movimento, Transportede Calor e Massa. Estática dos Fluidos; Manômetria, Forças sobre superfícies submersas eflutuação. Formulação integral: Continuidade, Quantidade de Movimento, Energia. Perda decarga em escoamentos internos. Medidores de vazão e velocidade. Transferência do Calor.Condução e Convecção, Analogia com transporte de massa. Conceito de trocadores de calor
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Estágio Curricular Supervisionado
8º Semestre
Entender a religiosidade como um fenômeno humano inerente. Compreender a importância da formação religiosa como um diferencial na vida pessoal e profissional. Conscientizar os estudantes quanto à sua inserção na história e cultura afro-brasileira e indígena. Perceber a demanda por profissionais cujo perfil inclua a formação religiosa.
Níveis Hierárquicos de Computadores. Componentes do Sistema de Computação. Suporte ao SistemaOperacional. Barramentos do Sistema. Sistema de Entrada e Saída. Métodos de Transferência de Dados:interface Paralela; interface Serial; interface USB. Sistema de Memória.
Introdução aos Sistemas Embarcados: Contextualização: o que são, onde são usados, estrutura.Tecnologias utilizadas em SE: RISC, Flash, SRAM, SDRAM. Processo de desenvolvimento de SE.Especificação e Projeto de Sistemas Embarcados. Utilização de Diagramas de Estado no projeto de SE.Programação concorrente. RTOS. Escalonamento: Técnicas de escalonamento e estimação da execução.
Conceitos básicos de projeto. Amplificadores operacionais Ideais. Circuitos com amplificadoresoperacionais. Semicondutores. Circuitos com diodos semicondutores. Circuitos com FET. Circuitos comtransistores bipolares. Amplificadores de potência e fontes de alimentação.
Visão geral da Computação Gráfica. Estrutura de Sistemas Gráficos. Transformações geométricas 2D.Modelagem e Visualização Gráfica 2D. Transformações Geométricas 3D. Modelagem e VisualizaçãoGráfica 3D. Modelos de Iluminação, sombreamento e textura. Interfaces Gráficas. Animação. SoftwareGráfico.
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Estágio Curricular Supervisionado
9º Semestre
Estudo do voluntariado, ação social e missionarismo no contexto brasileiro einternacional. Diferenças culturais, comunicação transcultural e mudança. Estratégiaspara o serviço voluntário e transformação humana. Metodologia para a análise econstrução de projetos de voluntariado.
Circuitos Lógicos Combinatórios. Circuitos Lógicos Sequenciais. Subsistemas Lógicos usuais:contadores, divisores de frequência, frequencímetros, conversores V/F e F/V, conversores A/D e D/A,memórias, subsistemas de comunicação. Multiplexação. Conceitos Gerais de Controles Automáticos.Tipos usuais de Atuadores. Tipos usuais de Sensores; Tipos usuais de Unidades de Decisão. Interfacespara Microcomputadores.
Percepção visual humana; Fundamentos de imagens digitais; Realce; Filtragem e restauração deImagens; Compressão e comunicação de imagens; Segmentação de imagens; Representação e Descrição;Reconhecimento de padrões e interpretação;
A ementa está condicionada ao elenco das disciplinas optativas propostas no PPC e da escolha dosestudantes.
Revisão dos Fundamentos Matemáticos (conjuntos, relações, funções, grafos). Expressões eLinguagens Regulares . Autômatos finitos. Gramáticas Livre de contexto. Autômatos de Pilha. Máquina deTuring. Hierarquia de Chomsky
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Estágio Curricular Supervisionado
Elaboração de TCC
10º Semestre
As grandes religiões. Religião, Direito e Estado. Estado confessional e Estado laico.Interferência religiosa no poder político. Interferência política no poder eclesiástico. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Tratados. Laicidade no Direito constitucional brasileiro. Liberdade de pensamento e de expressão. Tolerância e intolerância religiosa. Eficácia e efetividade da laicidade.
A ementa está condicionada ao elenco das disciplinas optativas propostas no PPC e da escolha dosestudantes.
Conceitos básicos sobre compiladores e interpretadores. Visão geral do processo de compilação. Tiposde compiladores. Análise léxica. Tabelas de símbolos. Análise sintática. Tratamento de erros sintáticos.Análise semântica. Checagem de tipos. Representação intermediária de código. Geração de código.Introdução à otimização. Análise de compiladores modernos.
Estudo da Inovação, e da sua interface com o empreendedorismo numa perspectiva sistêmica, na qual se considerem os seus fundamentos, ferramentas gerenciais de apoio e implicações nas organizações e no processo de desenvolvimento econômico e social.
Estrutura de robô: características, acionamento, controle, manipuladores, sensores e percepção.Capacidade do robô. Aplicações do robô. Noções de cinemática e dinâmica. Programação do robô.Sistemas de programação. Sistema controlador–periféricos–robô. Planejamento de trajetória. Geraçãoautomática de planos; simulação; imagens ativas e interface com utilizador. Noções sobre técnicas derobótica móvel e noções sobre Visão computacional aplicada à robótica.
Fundamentos de nanotecnologia: Metodologias, processo tecnológico utilizado na fabricação denanosdispositivos; Sistemas nanoeletrônicos: sistemas físicos e aplicações. Noções em Microeletrônica,Processo de Fabricação de um Circuito Integrado. Dispositivos nanoeletrônicos: concepção e Testes.
Linguagens Simbólicas; Resolução de Problemas por meio de Busca; Esquemas para representação doconhecimento: lógicos, em rede, estruturados, procedurais; Formalismos para a representação deconhecimento incerto; Redes Bayesianas, Conjuntos e Lógica fuzzy, Aprendizado de máquina;Aprendizado Indutivo; Árvores de decisão; Redes Neurais; Algoritmos Heurísticos; Computação Evolutiva;
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Estágio Curricular Supervisionado
Elaboração de TCC