Grade curricular e ementa das disciplinas

1º Semestre
Apresentação introdutória do problema filosófico-religioso de Deus, Sua existência, natureza, poder criador, revelação, amor e atuação na história deste mundo.
Introdução à anatomia e fisiologia animal. Aparelho Locomotor. Sistema Tegumentar. Histologia-Músculo; Sangue e outros fluidos orgânicos. Sistema endócrino. Sistema respiratório. Sistema urinário. Sistema digestivo: animais monogástricos; animais poligástricos. Fisiologia do fígado. Sistema digestivo. Sistema reprodutor masculino e sistema reprodutor feminino. Sistema Nervoso e embriologia Sistema mamário. Mecanismos de regulação e controle. Ingestão, digestão 35 e aproveitamento dos alimentos. Metabolismo intermediário. Desenvolvimento, reprodução e cuidado da prole.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Estágio Curricular Supervisionado
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Práticas Pedagógicas
2º Semestre
Conhecer a interpretação evolucionista e criacionista da paleoantropologia e os movimentos concorrentes do século XIX: comunismo materialista e o espiritismo moderno; evolucionismo Darwinista; movimento Adventista.
Aminoácidos, Proteínas e Enzimas, Lipídeos, Carboidratos. Noções do ciclo de Calvin. Ácidos Nucléicos. Ácidos orgânicos. Fotossíntese. Vitaminas e Coenzimas. Bioenergética celular. Metabolismo dos Carboidratos: Glicólise, 37 Fermentação, Ciclo de Krebs e Cadeia Respiratória. Metabolismo dos Lipídeos: BetaOxidação. Metabolismo de Aminoácidos. Integração Metabólica. Metabolismo mineral. Ciclo do nitrogênio. Síntese de proteínas.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Estágio Curricular Supervisionado
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Práticas Pedagógicas
3º Semestre
Diálogo entre a ciência e a religião. Origem do Universo. Origem da vida na Terra. Evidências de um Criador. Dilúvio universal. Implicações do criacionismo e evolucionismo.
Introdução à teoria da ciência. Estrutura de projetos de pesquisa em comunicação.Métodos e técnicas de pesquisa em comunicação.
Diversidade microbiológica. Morfofisiologia de Vírus, Bactéria e Fungos. Influência dos fatores ambientais, físicos e químicos no metabolismo e crescimento microbiano. Ciclos biogeoquímicos. Biorremediação. Biocompostagem. Microrganismos entomopatogênicos e bioinseticida. Técnicas microbiológicas. Identificação bacteriana e fungica. Importância ecológica e econômica dos grupos relacionados. Ecologia microbiana do solo. Reciclagem de macro e microelementos vitais. Interações entre microrganismos e plantas: micorrizas. Fixação simbiótica de nitrogênio, etc. Produção de inoculantes agrícolas. Tratamento de resíduos agroindustriais. Cultivo de cogumelos comestíveis e medicinais. Ciclo do carbono, nitrogênio, fósforo, enxofre e de outros nutrientes vegetais, e importância para a agricultura, em termos econômicos e ambientais.
Relação água-solo-planta; difusão, osmose e embebição; relações osmóticas celulares; absorção e perda de água pelas plantas; gutação e transpiração; mecanismo estomático. Nutrição mineral; estados nutricionais; transporte de nutrientes minerais; redistribuição de nutrientes. Movimento de solutos; translocação de solutos orgânicos; relações fonte-dreno. Fotossíntese; pigmentos; fase fotoquímica; Ciclo de Calvin; fotorrespiração; Ciclo de ácidos dicarboxílicos; metabolismo ácido das Crassuláceas. Fotomorfogênese; estiolamento; fotoperiodismo. Reguladores Vegetais. Alelopatia. Movimentos vegetais; tropismo e nastismos. Germinação e dormência. Fisiologia do estresse.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Estágio Curricular Supervisionado
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Práticas Pedagógicas
4º Semestre
A problemática da existência do mal e a solução oferecida pela intermediação divina através da pessoa de Jesus Cristo. Estudo do processo de reconstrução do homem a partir da influencia do cristianismo.
Noções gerais de Topografia, Geodésia e Cartografia. Métodos expeditos e regulares de levantamento planimétrico. Nivelamento geométrico e trigonométrico. Divisão de terras: Desmembramento e Remembramento. Locação de terraços. Locação de taipas. Plantas topográficas: normas, especificações da ABNT e desenho. Locação de obras rurais Levantamento de perfis longitudinais. Levantamento taqueométrico. Terraplenagem e barragens de terra. Levantamento de bacias hidrográficas e de bacias hidráulicas. Utilização de meios eletrônicos e softwares de Topografia.
Introdução a Agrometeorologia e Climatologia. Noções de cosmografia. Radiação solar e plantas cultivadas. Balanço de energia. Temperatura do ar e plantas cultivadas. Temperatura do solo e plantas cultivadas. Vento e plantas cultivadas. Pressão atmosférica. Umidade do ar. 45 Precipitação. Geadas e plantas cultivadas. Evaporação e Evapotranspiração. Balanço hídrico. Educação ambiental. Instrumentação meteorológica. Tecnologia de ambientação e manejo de plantas, animais domésticos e da fauna Silvestre.
A ementa está condicionada ao elenco das disciplinas optativas propostas no PPC e da escolha dosestudantes.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Estágio Curricular Supervisionado
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Práticas Pedagógicas
5º Semestre
Conhecer a história mundial segunda a interpretação bíblica, enfocando as ações de Deus no passado, presente e Seus planos para o futuro.
Princípios básicos de entomologia. Morfologia geral dos insetos. Anatomia Interna e fisiologia dos insetos. Biologia geral dos insetos. Cor e mimetismo. Taxonomia geral dos insetos. Principais Ordens da super classe Insecta. Conceitos de pragas. Ecologia dos insetos. Estudo de ácaros e nematóides de importância agrícola. Entomologia aplicada a agricultura. Pragas das plantas cultivadas. Métodos de controle de pragas. Noções de controle biológico. Inimigos naturais das pragas. Classificação do modo de ação dos inseticidas. Toxicologia de inseticida.
Conceito de Sensoriamento Remoto (Principais Sensores, Interação da radiação eletromagnética com as superfícies naturais). Princípios de Fotogrametria e Fotointerpretação aplicada à Engenharia Agronômica. Cartografia. Sistema de posicionamento global (GPS). Georeferenciamento. Geoprocessamento e Noções básicas de Sistemas de Informações Geográficas (SIG) para modelagem de dados. Utilização de softwares de Geoprocessamento. Atividades multidisciplinares referentes a Planejamento Urbano e Regional no âmbito da Engenharia Agronômica. Cadastro Técnico de Imóveis Rurais.
Motores de combustão interna. Tratores e máquinas agrícolas. Classificação, estudo orgânico e funcional, regulagens, operação, manutenção, segurança, custo de utilização e seleção de máquinas e implementos. Tipos de tração. Estudo de movimentos e de tempos. Desempenho operacional da maquinaria Agrícola. Preparo periódico do solo. Manejo conservacionista do solo. Aplicação de corretivos e fertilizantes. Aplicação de defensivos. Semeadura. Plantio direto. Colheitas agrícolas. Fenação e ensilagem. Custos na mecanização. Planejamento e gerenciamento. Aplicações da aviação agrícola. Agricultura de precisão.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Estágio Curricular Supervisionado
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Práticas Pedagógicas
6º Semestre
Conhecimento e prática dos conceitos bíblicos e científicos de saúde. O estilo de vida adventista. O conceito de saúde integral e dos fatores que contribuem para a saúde. Relação da mensagem de saúde com a terceira mensagem angélica e o testemunho cristão.
Histórico e evolução da nutrição mineral de plantas. Absorção de elementos pelas raízes, transporte e redistribuição Absorção iônica foliar e princípios de adubação foliar. Exigências nutricionais e funções dos nutrientes. Elementos úteis e tóxicos. Avaliação do estado nutricional das plantas. Analise foliar.
Conceitos básicos. Estudo dos principais grupos químicos de Inseticidas agrícolas. Caracterização e recomendação de produtos fitossanitários. Estudo das principais pragas agrícolas, inimigos naturais e metodologias decontrole referente às culturas de soja, milho, cereais de inverno, feijão, arroz, grãos armazenados, algodão, citros, café, cana de açúcar, hortaliças e frutíferas. Métodos e controle de pragas. Manejo integrado de pragas.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Estágio Curricular Supervisionado
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Práticas Pedagógicas
7º Semestre
Estudo da ética cristã à luz da perspectiva bíblica e sua relevância para a humanidade no contexto multicultural contemporâneo.
Estudo dos principais materiais utilizados nas construções rurais. Ambiência em construções rurais; noções básicas de instalações hidrossanitárias. Técnica da construção com detalhamento das etapas. Estradas rurais. Estrutura das principais construções rurais e instalações complementares para fins agropecuários e agroindustriais. Noções gerais de volumetria de armazenagem das produções agrícolas. Projeto e orçamento de materiais.
Estrutura e formação das sementes. Germinação, dormência, composição química, deterioração e vigor de sementes. Produção de sementes: exigências edafoclimáticas, práticas culturais, colheita, beneficiamento, embalagens e armazenamento. Fiscalização da produção de sementes. Análise de sementes. Aspectos legais da produção de sementes. Beneficiamento de sementes. Secagem de sementes. Armazenamento de sementes. Patologia de sementes. Controle de qualidade em sementes.
Importância da floricultura. Cultivos de plantas para jardim, vaso e flores de corte. Parques e Jardins. Plantas ornamentais e sua classificação. Plantas para interiores e exteriores. Análise e diagnóstico de um espaço aberto. Dimensionamento dos espaços, identificação das necessidades, propostas de intervenção, planejamento de ocupação. Arborização urbana. Projetos. Educação ambiental. Fitofisionomia paisagística urbana, rural e ambiental.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Estágio Curricular Supervisionado
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Práticas Pedagógicas
Elaboração de TCC
8º Semestre
Entender a religiosidade como um fenômeno humano inerente. Compreender a importância da formação religiosa como um diferencial na vida pessoal e profissional. Conscientizar os estudantes quanto à sua inserção na história e cultura afro-brasileira e indígena. Perceber a demanda por profissionais cujo perfil inclua a formação religiosa.
Biologia das plantas daninhas. Principais famílias, gêneros e espécies daninhas. Plantas bioativas. Sistemas de controle. Herbicidas: grupos químicos, mecanismos de ação, absorção, translocação, 58 metabolismo, seletividade, formulações, misturas. Herbicidas no solo e aspectos toxicológicos. Tecnologia de aplicação de herbicidas.
Conceito e importância econômica e social da fruticultura. Propagação de plantas frutíferas. Viveiros. Instalações e manejo de pomares. Fatores que afetam a frutificação. Poda de espécies frutíferas. Fruticultura de perenifólias: Classificação, estrutura, crescimento e desenvolvimento. Sistemas de condução e tratos culturais. Cultura do abacateiro, abacaxizeiro, bananeira, citros, goiabeira, mamoeiro, mangueira e maracujazeiro. Fruticultura de caducifólias: Classificação, estrutura, crescimento e desenvolvimento. Poda, sistemas de condução e tratos culturais. Cultura da ameixeira, caquizeiro, figueira, pessegueiro, macieira, marmeleiro, nogueira pecan, pereira e videira.
Estudo dos fatores mais relevantes que influem na produção, colheita, armazenagem e comercialização de espécies de interesse alimentar, condimentar e medicinal das seguintes famílias: Solanáceas, Cucurbitáceas, Fabáceas, Apiácias, Aliácias, Rosáceas, Chicoráceas, Crucíferas, Liliácease, Poácea e outras. Cultivo hidropônico. Cultivo em ambiente protegido.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Estágio Curricular Supervisionado
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Práticas Pedagógicas
Elaboração de TCC
9º Semestre
A disciplina visa oferecer ao estudante a compreensão da perspectiva sociológica de abordagem do fenômeno religioso, considerando o potencial e rico contexto religioso brasileiro. A partir da leitura e interpretação de clássicos como Emile Durkheim, Max Weber e Karl Marx, espera-se compreender a religião e o sagrado, e seu impacto no sujeito, desde uma plataforma bíblico-cristã. Será dada uma ênfase especial ao lugar da religião nas atuais sociedades de mercado. Procurar conscientizar os estudantes da importância da proteção dos direitos da pessoa com transtorno do espectro Autista.
Estudo da transformações físico-químicas decorrentes da ação enzimática, da manipulação, processamento e estocagem dos alimentos. Aborda princípios básicos de conservação de alimentos, embalagens, análise sensorial e aditivos alimentares em sua versão vegetariana.
Origem e descrição botânica. Aspectos sociais e econômicos. Desenvolvimento de novas cultivares. Crescimento e desenvolvimento. Condições edafoclimáticas. Plantio convencional e em SPD. Tratos culturais. Recomendações de cultivares. Calagem e adubação. Pragas e doenças e seus controles. Colheita. (Culturas feijão, mandioca, cana-de-açúcar, café e milho).
O processo legislativo no Brasil. Direito Agrário. Reforma Agrária e o estatuto da Terra. Tributação Rural. Legislação Creditícia. Contratos Agrários. Noções de Legislação Ambiental e Florestal. Responsabilidade Social incluindo a proteção dos direitos da pessoa com transtorno do espectro Autista. Papel do Engenheiro Agrônomo na Sociedade e na Humanidade. Atribuições e Regulamentação da Profissão do Engenheiro Agrônomo. Conduta profissional e Ética Profissional. Crise de valores, imperícia, negligência, fraudes, permissividade. Valores individuais, valores predominantes, valores coletivos; conflito de interessesÉtica e Legislação Profissional (36 horas): O processo legislativo no Brasil. Direito Agrário. Reforma Agrária e o estatuto da Terra. Tributação Rural. Legislação Creditícia. Contratos Agrários. Noções de Legislação Ambiental e Florestal. Responsabilidade Social incluindo a proteção dos direitos da pessoa com transtorno do espectro Autista. Papel do Engenheiro Agrônomo na Sociedade e na Humanidade. Atribuições e Regulamentação da Profissão do Engenheiro Agrônomo. Conduta profissional e Ética Profissional. Crise de valores, imperícia, negligência, fraudes, permissividade. Valores individuais, valores predominantes, valores coletivos; conflito de interesses.
A ementa está condicionada ao elenco das disciplinas optativas propostas no PPC e da escolha dosestudantes.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Estágio Curricular Supervisionado
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Práticas Pedagógicas
Elaboração de TCC
10º Semestre
O curso oferecerá condições para que o estudante possa situar a filosofia cristã no âmbito das filosofias contemporâneas. Argumentar-se-á que a Visão Cristã Teísta do Mundo é a melhor alternativa para a vida em geral.
Sociologia Rural. Fundamentosde Extensão Rural e desenvolvimento. Processo de aprendizagem, comunicação edifusão de inovações. Metodologia e programação em extensão.
Planejamento agrícola. Níveis e tipos de planejamento. Elaboração de projetos. O instrumental de planejamento. Análise de viabilidade. Elaboração de planejamento e de projetos agropecuários. Engenharia de Avaliações. Anotação de Responsabilidade Técnica (ART). Metodologias de avaliação. Pesquisa de imóveis existentes no mercado imobiliário. Aspectos gerais da perícia judicial. Educação ambiental. Cadastro técnico dos imóveis rurais. Procedimentos para classificar e sistemática para avaliar imóvei em perícia. Sinopse das etapas de uma perícia judicial. Fundamentação legal. Procedimentos técnicos e jurídicos. Forma de apresentação técnica. Elaboração de laudos
Histórico e funções da logística. Organização dos materiais. Os sistemas de administração: normalização, controle, aquisição, armazenamento, manutenção e programação de produção. A utilização de previsões pela administração logística do agronegócio. Caracterização dos sistemas de transportes. Transporte de produtos agropecuários e agroindustriais. Estratégia de encomendas. Sistema de coleta e distribuição. Administração de material no contexto do agronegócio. Gestão de armazenagens. Níveis de armazenamento. Manuseio e acondicionamento de produtos.
Seleção de espécies. Viveiros e produção de mudas exóticas e nativas. Reflorestamento. Nutrição e adubação. Controle de pragas, doenças e plantas daninhas. Produção florestal. Proteção, manejo e povoamento florestal. Melhoramento florestal. Noções de biometria. Espécies nativas e exóticas. Colheita, armazenamento e comercialização. Preservação da madeira. Influência das florestas sobre o meio ambiente. Ecologia florestal e Educação ambiental. Ordenamento territorial agrossilvipastoril.
Produtos fitossanitários. Legislação e registro: Inspeção, defesa, controle e vigilância sanitária. Formas de controle fitossanitário. Química e estrutura dos defensivos agrícolas. Formulações. Surfantes e mistura de defensivos. Manejo integrado de pragas, doenças e plantas daninhas. Toxicologia e Ecotoxicologia. Tecnologia de Aplicação. Planejamento fitossanitário. Precaução e segurança no uso de defensivos. Embalagens. Exposição ocupacional e intoxicação por defensivos. Receituário Agronômico e Legislação. Manejo de defensivos no ambiente.
Componente curricular que possibilita o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações junto à comunidadeContribui para a flexibilização curricular.
Estágio Curricular Supervisionado
Atividade que se integra à matriz curricular e à organização da pesquisa, constituindo-se em processo interdisciplinar, político educacional, cultural, científico, tecnológico, que promove a interação transformadora entre as instituições de educação superior e os outros setores da sociedade, por meio da produção e da aplicação do conhecimento, em articulação permanente com o ensino e a pesquisa.
Práticas Pedagógicas
Elaboração de TCC