Blog do Unasp

Tradutor e Intérprete: quais são as principais áreas de atuação?

O profissional formado em Tradutor e Intérprete possui algumas responsabilidades como traduzir para outra língua materiais, livros, filmes, documentos e textos em geral. É uma forma de trocar experiências, fazer com que pessoas conheçam outras culturas, visões de mundo e possibilidades. Descubra mais sobre essa profissão e suas áreas de atuação.

Nunca foi tão forte a necessidade de aprender um outro idioma. Isso acontece porque a tecnologia avançou muito, facilitando o contato e o relacionamento entre as nações, porém nem todos falamos a mesma língua, por isso o profissional de Tradutor e Intérprete é tão importante. Ele é o profissional responsável por realizar traduções simultâneas de palestras, discursos, reuniões, videoconferências. Como também traduz em forma de texto como livros, documentos, entre outros.

Para realizar esse tipo de função os profissionais precisam dominar a língua específica, sua gramática, gírias, expressões, costumes e tradições, para que possam realizar um bom trabalho. O profissional formado em Tradutor e Intérprete também pode se especializar para atuar em áreas específicas como: área Acadêmica, Medicina, Arte, Economia, Informática e Direito por exemplo, tendo que lidar com os próprios termos de cada campo de atuação. Será que esse curso combina com o seu perfil?

Qual é o perfil do estudante?

Se você acha que esse curso é moleza ou que a atuação é algo simples, se enganou. Essa área requer alunos e profissionais aplicados, que saibam o que estão fazendo e que façam com responsabilidade, verdade e paixão.

E é claro que possuir algumas características pode contribuir para o sucesso durante o curso e depois no mercado de trabalho. A seguir, algumas delas:

• Leitura: Nada melhor que uma viagem na leitura para aprender ainda mais. Quanto mais conhecimento o aluno e o profissional tiverem, melhor será para realizar uma tradução de sucesso. O estudo precisa ser constante, assim como em qualquer outra área.

• Responsabilidade: A credibilidade é vista quando somos responsáveis e dominamos o que estamos fazendo. E isso é ótimo em qualquer profissão ou área de atuação. Isso significa que um aluno responsável irá conseguir atingir os objetivos das aulas absorvendo os conteúdos propostos e sendo destaque positivo durante o curso. Já no mercado de trabalho, um profissional responsável é visto como confiável, humano e de confiança, o que facilita um aproveitamento e crescimento na área.

Importante ressaltar que o curso de Tradutor e Intérprete do Unasp, por meio do currículo formal e informal, pretende que seu egresso seja interculturalmente competente e capaz de lidar, de forma crítica, com as linguagens, nos contextos orais e escritos; pretende-se, ainda, que tenha domínio da língua materna e da língua estrangeira estudada em termos de compreensão, tradução e produção de textos de variados gêneros, considerando sua estrutura, sua organização, seu significado e variedades linguísticas e culturais, de modo que seja capaz de refletir teoricamente sobre a linguagem. Para isso, deve fazer uso de novas tecnologias e compreender sua formação profissional como processo contínuo, autônomo e permanente.

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

E como é o curso de Tradutor e Intérprete?

O Bacharelado em Tradutor e Intérprete faz parte de uma área conhecida como Linguística e tem duração de 8 semestres. Ao final do curso, o aluno recebe o diploma de bacharel em Tradutor e Intérprete.

O curso de Tradutor e Intérprete do Unasp tem como meta oferecer ao mercado de trabalho bacharéis capacitados para interpretação e tradução de textos, nas línguas portuguesa e inglesa, e para o desenvolvimento de pesquisas nesta área. Os graduandos têm diversas oportunidades profissionais e de viagens, no país e no exterior. Além dos estágios obrigatórios, o curso oferece também outras oportunidades para o aluno desenvolver a profissão, como a oportunidade de atuarem como intérpretes de palestrantes internacionais, em congressos realizados e recebidos pela instituição. Dessa forma, os alunos desenvolvem a tradução simultânea, praticando o aprendizado em sala de aula.

O curso de Tradutor e Intérprete inclui disciplinas específicas como: Historiografia da Tradução, Processo de Construção do Texto Literário, Educação Cultura e Sociedade, Teorias de Tradução, Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, Língua Inglesa: Morfossintaxe, Oficina de Dublagem e Legendagem, Prática de Interpretação Simultânea, dentre outras.

Mercado de trabalho e áreas de atuação.

O mercado de trabalho para o profissional Tradutor e Intérprete possui boas oportunidades. Cresce a cada dia, procura de profissionais para traduzir e legendar materiais estrangeiros, matérias educacionais, de entretenimento e empresariais.

Essas são algumas das áreas onde o profissional Tradutor e Intérprete pode atuar:

Tradução e interpretação corporativa: atuar em grandes empresas e instituições que demandam negócios com empresas do exterior.

• Tradução de games, filmes, programas e séries de TV para dublagem ou legendagem: profissional pode além de legendar filmes e séries, ser dono da voz de um ou mais personagens.

Interpretação simultânea ou consecutiva em eventos: atuar na tradução em tempo real, tanto acompanhando o estrangeiro, quanto traduzindo para eles em entrevistas, palestras, reuniões, seminários, etc.

• Tradução e adaptação de programas de computador: a maioria dos softwares são estrangeiros, e esses profissionais trazem para nossa língua o conteúdo do serviço.

Tradução juramentada: realizar traduções cujo tenham valores oficiais, como contratos, documentos escolares e estrangeiros, dentre outros. Para atuar nessa área é preciso ser aprovado em concurso.

Qual é a média salarial do tradutor?

Quando esse profissional não é contratado por empresas, instituições e nem se aplica a concursos, eles trabalham por conta própria, muitas vezes freelancers. Esses profissionais trabalham sob demanda. O mercado garante grande fluxo de trabalho e é por isso saber ao certo quanto ganha um tradutor.

Existe o Sintra, Sindicato Nacional de Tradutores, que sempre avalia e publica e orienta uma média de cobrança para os serviços dos tradutores.

De acordo com blog Guia da Carreira, seguem alguns exemplos de atividades realizadas por tradutores e as recomendações do Sindicato:

• Tradução de idioma estrangeiro para português: R$ 0,34 por palavra.

• Tradução literária: R$ 34 por lauda (aproximadamente 30 linhas).

• Tradução de português para língua estrangeira: R$ 0,45 por palavra

• De um idioma estrangeiro para outro: R$ 0,50 por palavra.

• Revisão: 50% do valor da tradução.

• Tradução para legendas com roteiro original completo (sem marcação de tempo): R$ 26 por 15 minutos.

• Tradução para dublagem com roteiro original completo (sem marcação de tempo): R$ 52 por 15 minutos.

Já o site Catho diz que o ganho médio de um tradutor é de R$ 2.275 por mês, com valores que podem oscilar entre R$ 1.169 e R$ 4.300.

Os valores podem mudar de tradutor para tradutor e variam de acordo com o assunto e região do País. Aqueles que investem em estudos e vivência no exterior, ou se especializam em um nicho de mercado, têm mais chances de cobrar mais pelos serviços, conseguir clientes fixos e até abrir seus próprios escritórios de tradução.

Atuar também como intérprete – fazendo tradução simultânea e consecutiva em eventos, acompanhando comitivas internacionais, participando de reuniões, etc. – gera outras possibilidades de renda.  Uma única hora de trabalho de tradução simultânea em evento, por exemplo, pode render até R$ 2.000 ao tradutor, de acordo com a tabela do Sintra.

Outra opção para os profissionais da área é atuar como tradutor juramentado – ou seja, um tradutor público oficial. A tradução juramentada é exigida por órgãos públicos (União, Estado e Município) como forma de reconhecer oficialmente documentos internacionais que precisem de validação no Brasil e vice-versa.   Tradicionalmente, esses profissionais obtêm melhor remuneração porque trabalham usando uma tabela de referência com valores mais altos e possuem demanda constante. A dificuldade está em conseguir o emprego: as vagas são preenchidas apenas via concurso na Junta Comercial de cada Estado e são raríssimas!

Separamos um vídeo que pode te ajudar bastante a decidir se é esse o seu curso:

Então, se você acha que cursar Tradutor e Intérprete tem tudo a ver com o seu perfil, não deixe de acessar o nosso site e conferir a oportunidade de estudar com a gente.

Até a próxima!

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!