Blog do Unasp

Startup: entenda o que é e como funciona esse conceito de empresa

As startups estão em alta, no entanto nem toda nova empresa é uma startup. Descubra o que é, como funciona e as características desse tipo de empreendimento.

Provavelmente você já tenha ouvido o termo “startup”, certo? Pois é, nos últimos anos essa palavra tem ganhado força no que diz respeito ao ramo empresarial e dos novos negócios.

A definição de startup é usada para definir e representar empresas, que geralmente são de tecnologia e estão iniciando suas operações no mercado de forma escalável e inovadora. 

No entanto, esses novos negócio ainda não têm seu desenvolvimento completo. Portanto, fazem experimentos e pesquisas da melhor maneira de trabalhar e desenvolver o produto ou serviço. 

Além disso, o espírito empreendedor das empresas é uma das características mais comuns desses novos negócios. Sendo assim, o formato é baseado na ideia de fazer um trabalho que foge do comum, ou seja, inovador, e pode assegurar um bom lucro. 

Uma startup ou novas companhias que atuam nesta modalidade, buscam transformar o seu trabalho em dinheiro a partir do modelo de negócios implementado, suas inovações e experimentações.

Divergências no conceito startup

De fato, existem muitas especulações algumas divergências em relação à definição exata do conceito que define startup. Alguns especialistas afirmam que qualquer empresa inovadora iniciante no mercado se encaixa nesta modalidade. Entretanto, outros especialistas dizem que é necessário que a empresa tenha sido fundada com baixo custo e que possa crescer rapidamente. Garantindo uma lucratividade grande, sendo rentável para se enquadrar neste conceito.

Contudo, apesar dessas discordâncias, é possível chegar num consenso; a empresa precisa apresentar um trabalho inovador, mostrando a possibilidade de um futuro promissor, com um bom modelo de negócios, seja o ideal para ser considerada startup.

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Principais características de uma startup

Para uma nova empresa surgir é necessário uma boa ideia, um produto ou serviço inovador, que supre a necessidade dos clientes, além de muito dinheiro para investir e começar esse projeto.

Sendo assim, os empreendedores precisam buscar investidores, aqueles com dinheiro e capital para investir, porque sem eles não é possível começar um bom empreendimento, não é mesmo?

Listamos a seguir algumas das características desse modelo de negócio, segundo os investidores, aqueles dos quais são as peças principais para colocar em prática o novo negócio.

As principais características são:

  • Ter uma proposta inovadora para apresentar ao mercado;
  • Ser desenvolvida em uma base tecnológica;
  • Primordial ter baixo custo para iniciar as atividades;
  • Ser apresentada ao mercado com uma ideia com potencial de se transformar em negócio.

Além delas, outras características são fundamentais. Veja abaixo.

Cenário de Experimento e Pesquisas 

Estar em um cenário de experimento e pesquisas significa que de início, a startup não há como afirmar se a ideia e projeto de empresa irão realmente dar certo. 

Ou seja, ao menos que se provarem sustentáveis, elas ainda vivem em um cenário de incerteza e isso é uma característica deste modelo de negócio.

  • Gerar Valor

Esse modelo de novos negócios foi pensada para a startup gerar valor. Então, como ela  transforma seu trabalho em dinheiro? 

Para exemplificar, um dos modelos de negócios do Google é cobrar por cada click nos anúncios mostrados nos resultados de busca. Ou seja, eles estão gerando valor, estão transformando o trabalho em dinheiro.

Além disso, um outro exemplo seria o modelo de negócio de franquias: você paga royalties por uma marca, mas tem acesso a uma receita de sucesso com suporte do franqueador. Sendo assim, suas chances de gerar lucro, aumentam. 

Por isso, gerar valor, transformar ideias em dinheiro também é uma característica da startup.

Ser repetível

Ser capaz de entregar o mesmo produto outra vez mas em escala potencialmente ilimitada, sem muitas customizações, adaptações ou alterações para o cliente, é ser repetível. É trabalhar com facilidade para entregar o produto ou serviço. 

Para ficar mais claro, vamos fazer uma analogia simples para isso; seria como o modelo de venda de filmes: não é possível vender a mesmo unidade de DVD várias vezes, mas é preciso fabricar um diferente a cada cópia vendida. É repetível mas sem custos e diferenciações.

Ser escalável

Essa é uma das principais características: ser escalável é a chave de uma startup. Ou seja, isso significa crescer cada vez mais, sem que isso influencie ou prejudique o modelo de negócios.

Sendo assim, é crescer em receita, mas com custos crescendo mais lentamente. Logo, isso fará com que a margem seja cada vez maior, acumulando lucros e gerando cada vez mais riqueza, porém com despesas e investimentos em menor quantidade.

START UP!

Agora que você já sabe o que é uma startup e suas características, fica mais fácil para decidir investir em uma, trabalhar nela ou até empreender com sua ideia. Portanto, se você tem alguma história legal, experiência ou curiosidade sobre esse assunto, é só deixar aqui nos comentários.

Até a próxima!

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

Coloque o seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!