Blog do Unasp

Saúde do futuro: mais conectada e high-tech. Descubra o que vem por aí!

Como será a saúde no futuro? Mais high-tech, interativa, analítica e preventiva. Veja só o que nos espera nos próximos anos.

Quais são as questões de hoje que irão definir o mundo de amanhã? Você já parou para pensar nessa questão? Em como aquilo que está sendo produzido hoje irá reverberar no futuro próximo ou naquele um pouco mais distante. O fato é que tudo aquilo que fazemos gera uma reação, consequência e avanço. Afinal, é aquele velho lance de plantar uma sementinha e esperar para que ela vire uma linda árvore que consequentemente gerará frutos. Ou seja, usando a metáfora, tudo o que fazemos são sementes e todas nossas sementes gerarão frutos. O que se espera é que os frutos sejam saudáveis e que tenham algum tipo de serventia.

Futuro da saúde

E foi pensando no futuro e imaginando como ele será que me deparei com um artigo muito interessante da revista National Geographic do mês passado (janeiro de 2019). Na capa a imagem de um bebê recém-nascido com fones de ouvido e cabos pelo corpo. O título dizia: “Medicina do Futuro”. Com a seguinte descrição: “consultas via smartphone, análises genéticas, foco na prevenção: a nova era dos tratamentos de saúde”.

Meu primeiro impulso foi apenas achar o tema intrigante (mas nada muito além disso), e deixar a revista de lado para tocar os meus projetos que demandam mais da minha atenção. No entanto, por sorte veio a lembrança aqui do blog e de como buscamos sempre levantar temas interessante e que agreguem algo à rotina, carreira e educação dos nossos leitores.

Lembrei dos cursos de ciências da saúde que oferecemos por aqui. Por exemplo, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição e Psicologia.

Retornei à revista, li os diversos artigos e fiquei fascinada com o que o futuro nos prepara! O que está sendo estudado e pesquisado hoje. E o que poderá virar rotina ou tratamentos amanhã! Por isso reuni as principais pesquisas, descobertas e tendências escritas nos artigos da revista para compartilhar com vocês.

Profissionais da saúde, ou mesmo curiosos, vejam só o que está sendo feito hoje, pensando nas possibilidades do amanhã.

1. Olho biônico

Graças à impressão 3D, cientistas puderam fixar uma trama de sensores de luz num suporte de vidro com o formato de um olho. As partículas de prata usadas como “tinta”ficaram aderidas ao local visado e os fotodiodos converteram luz em eletricidade com eficiência de 25%. Os cientistas  dizem que o próximo passo é aumentar a quantidade de fotorreceptores e tornar flexível a superfície para que o implante seja mais confortável.

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

2. Mudanças no modelo tradicional dos dados médicos

Os dados relativos ao estado de saúde das pessoas irá crescer de forma monstruosa! O que vai na contra mão do modelo tradicional. Onde os dados do estado de saúde dos pacientes eram coletados intermitentemente, de forma geral por ocasião das consultas médicas, e ficavam guardados e dispersos em arquivos analógicos ou em bancos digitais diferentes. No futuro não, tudo será conectado.

Hoje em dia já podemos ver provas disso. Pense bem, já usamos tecnologias pessoais capazes de monitorar continuamente nossos sinais vitais, registrar padrões e coletar dados referentes ao nosso estilo de vida. Os aparelhos de monitoramento estão por todos os lados, do relógio que você está usando até ao smartphone.

Posteriormente no futuro essas ferramentas de monitoramento serão aliadas dos médicos e outros profissionais da saúde. Gerando dados que poderão auxiliar esses profissionais nos diagnósticos e prescrição de tratamentos das doenças. Em outras palavras, isso significa que os pacientes e seus gadgets serão parte importante e ativa do processo de manutenção da saúde, prevenção e tratamento de doenças.

3. Dispositivos implantáveis

Imagina estimar o nível de glicose na lágrima, captar os indicadores de câncer e outras enfermidades tudo através de uma lente de contato! No futuro lentes de contato inteligentes vão incorporar milhares de biossensores que irão gerar diversos diagnósticos sobre a saúde.

Entre os possíveis dispositivos implantáveis está um sensor subcutâneo capaz de monitorar a composição química do sangue. Como também cápsulas ingeridas que podem transportar medicamentos e isolar objetos estranhos dentro do gastrointestinal. Além disso, sensores aderentes na barriga de uma grávida que conseguem detectar movimentos musculares no útero, facilitando o acompanhamento do parto.

4. Coleta de dados sem fio

No item 2 da nossa lista comentei sobre como os gadgets irão auxiliar nas consultas médicas e na geração de informações sobre a saúde dos pacientes. A priori as tecnologias de monitoramento estão associadas a algum tipo de dispositivo. No entanto, engenheiros do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) modificaram um roteador sem fio de modo a captar sinais vitais e padrões de sono dos moradores de uma casa.

A promessa do futuro é que com essas novas tecnologias ocasionalmente proporcionem mais informações e conhecimento de natureza biomédica. Desse modo abrindo novos caminhos para reforçar a sensação de bem-estar, prevenção de doenças e compreensão das enfermidades.

5. Inteligência Artificial na saúde

Enquanto isso a Inteligência Artificial anda a passos largos, avançando também pela área da saúde. Grandes investimentos em pesquisa e implantação de IA estão sendo feitos com o intuito de melhorar a precisão e a rapidez dos diagnósticos.

Por exemplo, com smartphones dotados de otoscópio pais poderão examinar o ouvido dos seus filhos e compartilhar a informação com o pediatra. Não raro aplicativos e sensores que poderão verificar arritmias, pneumonias, hipertensão entre outras doenças.

6. Corpo 3D

Uma tecnologia de baixo custo para pessoas que perdem membros do corpo. O presente já aponta um futuro onde muitos membros artificiais serão moldados em impressoras 3D. Por exemplo, em poucos anos smartphones irão escanear os membros residuais, dando as medidas para os operadores de impressoras 3D. Em suma, o processo será mais curto, ágil e de baixo custo. E o melhor, mais pessoas terão acesso a um membro artificial.

7. Robôs assistentes

Não raro vemos filmes e séries onde robôs aparecem como auxiliares dos personagens. No entanto, essa realidade retratada nas produções não é coisa só de Hollywood. Os robôs poderão participar de tratamentos nos quais médicos estão presentes. Caso de robôs que auxiliam cirurgiões em cirurgias delicadas já existem.

Enquanto isso robôs capazes de confirmar por ultrassom a veia mais adequada para dela extrair sangue ou colocar um acesso intravenoso estão sendo aprimorados. E até mesmo robôs assistentes de fisioterapia que ajudam em programas de exercícios físicos.

E aí, você está preparado para o futuro?

Os benefícios da tecnologia para a saúde são grandes, e o futuro parece ser promissor. No entanto, ainda é importante pesquisas e testes para que essas, e outras maneira, de prevenir e tratar doenças sejam melhor difundidas. Através do compartilhamento das novas tecnologias e informação.

Por isso que é tão importante que profissionais da área da saúde estejam dispostos a entender melhor essas novas tecnologias e tendências. E que consequentemente ajudem nas descobertas através de testes e acompanhamento dos pacientes.

Qual é a sua opinião sobre o tema? Conta para gente aí nos comentários!

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!