Blog do Unasp

Quarentena: como manter a saúde emocional equilibrada?

Em tempos de quarentena a nossa saúde emocional pode ficar debilitada. Aí fica a pergunta: como enfrentar o isolamento social com mais equilíbrio?

Estamos vivendo tempos difíceis, não há como negar ou tentar diminuir o peso da pandemia que se alastrou pelo mundo. Um inimigo silencioso e invisível tem atacado diariamente a população e pouco, ainda, podemos fazer para combate-lo de forma mais efetiva. O jeito tem sido evitar a propagação, o que resultou na quarentena de boa parte da população.

No entanto a quarentena, apesar de ser necessária, pode acarretar em problemas emocionais derivados do isolamento social.

Como seres humanos nós precisamos, para manter a nossa saúde, viver em comunidade. Até mesmo as pessoas mais introspectivas precisam de um círculo social. No entanto, quando somos obrigados a manter um afastamento ou quando a nossa rotina sofre uma mudança abrupta, é notável que o nosso nível de ansiedade e melancolia aumentam.

Aqui no Brasil, antes mesmo do Coronavírus entrar em cena, já éramos considerados pela OMS como um dos países mais ansiosos do mundo. Imagina como será agora, em tempos de quarentena!

A grande pergunta que fica é: como se adaptar ao isolamento social e cuidar da saúde mental?

Apesar de a sensação geral ser de incerteza, o que leva à angústia, este post tem como objetivo tentar amenizar os sintomas da quarentena através de atitudes práticas; que você pode fazer aí, na sua casa. São dicas preciosas para manter a sua saúde mental e cuidar de si mesmo. Lembrando que isolados estamos protegendo outras pessoas, portanto, portanto fique em casa!

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Como cuidar da saúde mental e emocional na quarentena

O isolamento social irá afetar não apenas as nossas emoções, mas também toda a cadeia produtiva do mundo. Afetando diretamente a economia, o comércio e os negócios. Consequentemente afetará o fator humano, muitas pessoas estão preocupadas com seus trabalhos, planos e rotinas, o que irá gerar um nível alto de ansiedade. Afinal, quando fatores incertos e desconhecidos se apresentam o ser humano tende a entrar em colapso mental.

No momento o ideal é buscarmos amenizar a sensação de ansiedade. A verdade é que todos nós vamos perder, alguns menos, outros mais. Ninguém está isento, todos passaremos pela crise. Daí surge a necessidade de colocarmos os nossos pensamentos no lugar e buscar não entrar em parafuso, por mais difícil que pareça.

Portanto, busque seguir as dicas abaixo.

1. Evite o bombardeio de informações na quarentena

Você sabia que hoje existem 5 bilhões de smartphones no mundo? Sabe o que isso significa? Quase toda a população mundial está conectada. O que consequentemente gera um grande fluxo de informações trocadas pela internet, e aí que está o problema. Nem todas as informações são de fontes confiáveis.

Já estamos acostumados com o termo fake news, certo? Então, em tempos de pandemia e quarentena as informações falsas podem multiplicar, causando ainda mais temor e desconforto em que lê notícias falsas, que geralmente são escrita de uma forma tendenciosa.

No entanto, não estamos falando apenas das notícias falsas, até mesmo os grandes e respeitados veículos de notícias precisam ser consumidos de forma moderada. Desconecte-se, você não precisa acompanhar todas as notícias sobre o Coronavírus. É um exercício diário tentar conscientizar-se que você não tem controle sobre a situação, que você está de quarentena e portanto, a melhor opção é cuidar da sua saúde mental.

Pare de acompanhar cada segundo dos noticiários. Estipule para ler as notícias apenas uma vez ao dia, combinado?

2. Estabeleça uma rotina

Antes da quarentena todos nós tínhamos uma rotina, certo? Agora, a rotina passou por uma mudança drástica! Você precisa ficar em casa, o que com o passar do tempo pode ser monótono e cansativo.

Por isso que é preciso estabelecer uma rotina, mesmo na quarentena. Você precisa criar hábitos e ter metas diárias.

Primeiro comece estabelecendo uma hora para acordar. Quem está em home office não precisa acordar mais cedo para se deslocar até o trabalho, mas mesmo assim o ideal é entender a necessidade de criar uma rotina com horários. Como por exemplo, um horário para levantar, para começar o trabalho, almoçar e parar o trabalho.

Na sua rotina não esqueça das suas refeições, tente não pular nenhuma delas. O seu corpo precisa estar saudável. Falando nisso, pratique exercícios físicos dentro de casa. Há diversas atividades que podem ser feitas sem a necessidade de ir à academia. Como por exemplo: pular corda, yoga, alongamento, exercícios aeróbicos, dança, entre outros.

Estabeleça também horários para os estudos, só porque você está de quarentena não quer dizer que as aulas vão deixar de ocorrer. Aqui no Unasp as nossas aulas presenciais passaram para o on-line e todos os nossos alunos e professores estão conectados.

Além do que citamos acima existem diversas atividades que você pode inserir na sua rotina, escolha aquelas que mais te fazem bem.

3. Faça terapia on-line

Muitos pacientes e psicólogos já migraram para o ambiente virtual. Por isso que quarentena não é desculpa para deixar de comparecer à consulta.

Caso você já faça terapia, não deixe de realizar as sessões, é muito importante que você não abandone o seu tratamento agora. No entanto, se você ainda não faz terapia, mas sentir sintomas de ansiedade e melancolia que chegam a fazer muito mal, o ideal é procurar ajuda profissional.

Se você não está sabendo lidar com o isolamento por causa do COVID-19, e sente que está ficando ansioso, depressivo, agressivo, compulsivo ou com medo demais, indicamos o site A Chave da Questão.
Nesse site tem diversos psicólogos conectados que poderão te ajudar a lidar com as dificuldades. Eles estão atendendo online e de graça!

4. Utilize a tecnologia para se aproximar das pessoas

Por mais que o isolamento social seja meio frustrante e você sinta que está sendo deixado de lado entenda que estamos todos no mesmo barco. Nestes momentos a tecnologia pode ser uma grande aliada.

Durante este período aproveite para estreitar os laços com as pessoas queridas.

  • Ligue para os seus avós que estão isolados;
  • faça chamada de vídeos com os seus amigos que estão em outros países;
  • marque de assistir a filme, à distância, com alguém que você gosta muito;
  • escreva para os seus pais diariamente.

Lembre-se que você não está 100% sozinho, você só está de quarentena por um motivo muito importante: evitar a propagação do vírus. Portanto, você continua sendo amado e especial para as pessoas, você só não pode se encontrar pessoalmente com todas elas.

5. Aproveite a quarentena para aprender algo novo ou fazer algo que você gosta

Lembra da época que você reclamava por não ter tempo para fazer as coisas que você gosta? Então, olha aí uma oportunidade!

Apesar das desvantagens do isolamento social uma boa tática é encarar o momento como uma chance de aprender algo novo ou fazer o que você gosta. Ah, claro, desde que seja dentro de casa, é bom reforçar.

Portanto, busque dar atenção para algum hobby. Aprenda algo novo na internet, há tantos cursos gratuitos, ou apenas coloque as séries e as leituras em dia.

Lembre-se, apesar da quarentena, você não está sozinho

Por mais que esse isolamento traga uma carga muito grande de sensação de rejeição, vazio e angústia, é preciso começar a trabalhar os seus sentimentos. Entender que a quarentena é necessária, que todos nós estamos fazendo a nossa parte para ajudar aqueles que estão dentro do grupo de risco. Portanto, é um momento de conscientização e trabalho mútuo.

Evite pensar demais sobre assuntos que te afligem. Busque consumir conteúdos que te façam relaxar, converse com pessoas que te tragam tranquilidade e apoio. Seja também apoio para os outros. Vamos exercer nossa empatia e trabalhar os nossos anseios.

Lembre-se, você não está sozinho nessa, estamos todos juntos.

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!