Blog do Unasp

Intraempreendedorismo, os empreendedores dentro das empresas

Você sabe o que é intraempreendedorismo? Descubra como esse tipo de empreendedorismo pode levar a sua carreira mais longe.

Você já ouviu falar no termo intraempreendedorismo? Não? Então, que tal conversamos um pouco mais sobre assunto? E assim, descobrir que o empreendedorismo também ocorre dentro das empresas, através dos seus funcionários.

O que é intraempreendedorismo?

De acordo com o consultor empresarial do Sebrae, Martinho C. Montenegro, intraempreendedorismo é  um processo que ocorre dentro de uma empresa existente, independente de seu porte. Esse processo resulta não somente em novos negócios, mas também a outras atividades e orientações inovadoras como: o desenvolvimento de novos produtos, serviços, tecnologias, técnicas administrativas, estratégias e posturas competitivas.

Seguindo essa linha de pensamento o intraempreendedorismo é o empreendedorismo interno. O termo é uma versão em português da expressão intrapreneur, que significa empreendedor interno, ou seja empreendedorismo dentro dos limites de uma organização já estabelecida.

Em suma, o empreendedorismo não ocorre apenas quando alguém decidi abrir um negócio, mas também dentro de uma empresa já existente.

É bom para os funcionários, como também para as empresas

Por que é bom para os funcionários?

Principalmente por conta da satisfação que o intraempreendedorismo oferece ao colaborador. Ao sentir que faz parte de um processo de criação e que suas ideias são ouvidas, o colaborador passa a sentir mais satisfação ao trabalhar em uma empresa que oferece esse tipo de dinâmica.

O intraempreendedorismo retêm talentos, otimiza recursos e mantêm o capital intelectual da empresa. 

E para as empresas?

O intraempreendedorismo é bom para as empresas porque ao alcançar determinado nível de estabilidade, uma organização pode perder ou ver reduzido o seu potencial empreendedor. E isso não é positivo. Sobretudo porque inovar através da recriação e reinvenção dos processos e técnicas permite que a empresa avance. Tornando-se mais competitiva e valiosa no mercado.

Assim, o intraempreendorismo torna-se indispensável para as empresas já estabelecidas, pois recria a cultura empreendedora interna. Faz com que as empresas recriem suas ideias de como produzir e gerenciar seus produtos e serviços. Afinal, tudo precisa ser renovado nessa vida. Não dá para ficar estagnado em um conceito para sempre.

Ter empreendedores dentro da empresa é uma grande oportunidade para rever e melhorar a cultura organizacional. 

Está gostando dos conteúdos?

Então, assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Como ser um intraempreendedor?

Para ser um intraempreendedor é preciso ter um certo apoio da empresa. Afinal, não dá para sair sugerindo mudanças sem que a empresa esteja disposta a ouvir suas opiniões. A linha é tênue. Em alguns momentos as pessoas podem confundir isso com insubordinação. No entanto, por outro lado empreender no trabalho pode ser uma chance de mostrar seus talentos e capacidades escondidas.

Para ser um intraempreendedor o ideal é que você mostre suas capacidades no cotidiano do trabalho. Desse modo, você mostrará aos seus superiores o quanto você pode fazer pela empresa. Haverá empresas, inclusive, que procuram por esse tipo de funcionário.

Como ser um intraempreendedor?

1. Pratique a criatividade e inovação

Criatividade e inovação andam intimidade ligadas com o empreendedorismo.  Ao contrário do que muitas pessoas acreditam por aí, a criatividade não é um talento natural, como se fosse um dom. Pelo contrário, sobretudo a criatividade é uma qualidade como qualquer outra. O que significa que precisa ser praticada e aperfeiçoada. Portanto, pratique a criatividade todos os dias.

Use a sua capacidade criativa durante o trabalho, buscando solucionar os problemas das demandas com inovação

Para adotar uma postura intraempreendedora é muito importante utilizar sua capacidade criativa com regularidade durante o trabalho, sempre buscando solucionar os problemas com inovação. Pense sempre como você pode fazer as suas tarefas de uma forma mais fácil e criativa.

2. Acompanhe as tendências

Esteja por dentro das novidades que fazem parte do mercado de atuação da sua empresa. O que saiu de novo? Como o mercado se comporta? Quais são as tendências de serviços e produtos?

Ao pesquisar e acompanhar as tendências você poderá descobrir quais são melhores ações a serem tomadas. E dessa forma, maximizar a geração de valor.

3. Fique atento às oportunidades

Talvez esse seja um dos itens mais complicados de detectar. Afinal, muitas oportunidade surgem de maneira inesperada, quando os outros não estão atentos. A fim de aproveitá-las, tornar-se necessário que o intraempreendedor fique atento com o que acontece à sua volta. Por exemplo, o que está acontecendo no mundo em âmbitos políticos, financeiros, sociais, etc. Como isso pode ser uma oportunidade para a sua empresa?

4. Saiba vender as suas ideias

De nada adianta ter uma baita ideia e não saber o que fazer com ela. Para ser um intraempreendedor é necessário saber vender uma boa ideia para as pessoas certas. Ou seja, você precisa desenvolver uma boa comunicação para transmitir seus conceitos e convencer quem precisa ser convencido.

5. Trabalho em equipe

Trabalhar em equipe é uma habilidade desejada por qualquer tipo de profissional. Principalmente para os intraempreendedores.

Assim como o empreendedor precisa convencer outras pessoas da importância do seu empreendimento, serviço ou produto, o intraempreendedor também tem que “vender” o seu. Vender entre aspas, isso porque a venda dentro de uma empresa é diferente. Você precisa mostrar como a sua ideia é importante e como ela poderá ajudar na empresa.

É necessário engajar a equipe na sua ideia. É um desafio, mas que todo o intraempreendedor precisa aprender a dominar.

7. Assuma riscos calculados

Todos que empreendem precisam assumir certos riscos, do contrário nunca haverá mudanças. No entanto, assim como todo risco, existirão incertezas no decorrer do trabalho. Portanto é preciso estar ciente dos riscos e enfrentá-los de maneira preparada e inteligente.

Ser capaz de assumir riscos não é o mesmo que ser irresponsável, pelo contrário, existe muito responsabilidade em arriscar-se. É pensar em planos, ser estratégico e saber com agir caso a ideia não funcione.

É necessário planejar e aprender a calcular os riscos de cada novo projeto e considerar quais são as melhores formas de lidar com eles.

9. Lide com os problemas e resistências de forma inteligente

Um dos maiores desafios dos intraempreendedores é lidar com a resistência à inovação. Isso pode acontecer com regularidade em algumas companhias. Por conta das estruturas burocráticas consolidadas e hierarquias engessadas. Ou seja empreender pode ser um pouco mais complicado.

Uma das maneiras de lidar com esses problemas é no famoso “jeitinho”. Usando uma abordagem inteligente e estratégica. Não bata de frente com as regras organizacionais. Se você encontrar resistência é preciso encontrar maneiras de lidar com as adversidades de uma maneira madura e profissional. Vá aos poucos.

Em algumas empresas, que possuem a mentalidade mais aberta para o intraempreendedorismo, o desafio será menor, mas, ainda assim, pode ocorrer. Portanto, em ambos os cenários é necessário ter inteligência emocional para lidar com as adversidades.

Conclusão

Agora que você entendeu melhor o que é ser um intraempreendedor que tal arriscar e começar a ser um empreendedor dentro da sua empresa? Esse pode ser o seu grande diferencial profissional.

Boa sorte!

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!