Blog do Unasp

O que é Geotecnia e qual é a atuação do profissional nessa área?

Entenda o que é Geotecnia, sua importância e como funciona a atuação do profissional engenheiro nessa área da construção civil. 

Provavelmente você viu ou soube de obras e construções que viraram ruínas por conta do solo, certo? Por conta disso os acidentes devido à negligência em estudos adequados de Geotecnia ganharam espaço para discussão no contexto construtivo atual, enfatizando assim, a sua importância.

De fato, durante décadas o desenvolvimento econômico esteve caminhando na contramão da estabilidade e segurança de estruturas que dependem do comportamento dos solos e/ou rochas. Ou seja, quase ninguém se importava com certos levantamentos, pesquisas e preparos do solo antes da construção de prédios. Infelizmente apenas após a perda de vidas, dinheiro e tempo que passou a ser valorizada a pesquisa dos solos das construções; na importância da geotecnia da estabilidade de estruturas.

Geotecnia, o primeiro passo

Por esse motivo, hoje, a geotecnia é considerada o primeiro passo a elaboração de qualquer projeto de Engenharia Civil, bem sucedido. É nesta etapa que temos a certeza de que o projeto será elaborado com mais segurança.

Além disso, o não uso da geotecnia no início da elaboração de qualquer projeto, pode acarretar uma série de danos futuros, causando desastres à construção, ao solo e ao ser humano. Portanto, é necessário uma avaliação profissional do Engenheiro Civil para estudar e avaliar o solo, dando sequência ao trabalho.

Definição de Geotecnia

De forma mais objetiva a geotecnia estuda o comportamento do solo e das rochas em decorrência das ações antrópicas, ou seja, ações do homem e sua aplicação em projetos de engenharia.

Embora a definição seja objetiva a sua importância e complexidade vão muito além de uma possível simplicidade. Isso quer dizer que, se você parar para pensar, o solo e as rochas são materiais considerados heterogêneos. Ou seja, que apresentam características físicas e mecânicas variáveis, podendo afetar uma comunidade inteira.

Tudo o que construímos tem como base o solo, dessa forma, o mesmo pode afetar a sua estrutura e consequentemente todo o projeto. E vice e versa, um prédio também pode afetar o solo. Sendo assim, a principal missão da geotecnia é oferecer um quadro completo dos fenômenos geológico e geotécnicos que podem ser esperados no desenvolvimento de uma obra.

Está gostando dos conteúdos?

Então, assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Por isso, em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

A Geotecnia é importante?

Na Engenharia Civil a área da Geotecnia é lei e todo projeto, seja barragens, diques, fundações, estruturas de contenção ou aterros, por exemplo, precisam obedecer às normas de segurança. Além disso, respeitar os critérios ambientais que atenuam os impactos das obras. 

A imprevidência nos estudos geotécnicos, assim como o descuido na realização da obra, pode trazer uma série de fenômenos indesejados, como, por exemplo uma gama de movimentos de massa, como:

  • Rastejos: movimentos Sazonais contínuos com velocidades muito baixas e decrescentes com a profundidade, apresentam geometrias e volumes indefinidos;
  • Escorregamentos: movimentos devido à ação cisalhante do material, com superfícies de movimentação bem definidas, têm velocidades médias a elevadas de movimentação. Podem acontecer de forma: Translacional, Rotacional, Translacional-Rotacional ou em Cunha;
  • Quedas e tombamentos: movimentos de Queda Livre, rolamento ou basculamento, com elevadas velocidades de movimentação, tipicamente associados a blocos e/ou lascas rochosas; dentre outras.

Outro ponto importante a ser considerado, é que nos últimos anos, a causa ambiental tem gerado grande preocupação e, assim, a geotecnia e todas as suas vertentes, tem ganhado cada vez mais destaque na: 

  • Prevenção de desabamentos;
  • Prevenção de desmoronamentos;
  • Prevenção de deslizamentos;
  • Preservação dos lençóis freáticos;
  • Gerenciamento do problema do lixo;
  • Conter a ocupação de encostas.

 Então, já dá pra ter uma ideia de alguns dos projetos onde o profissional atua, não é mesmo? Vamos falar melhor sobre atuação logo abaixo. Entretanto, a ideia é eliminar e minimizar essas situações citadas de forma sustentável e segura para a população, sem degradar o meio ambiente.

O profissional Geotécnico

O profissional de engenharia que trabalha com geotecnia tem sua formação voltada para as disciplinas de mecânica dos solos, mecânica das rochas e geologia. Além, é claro, de estudar e desenvolver um largo domínio das técnicas de investigação geológico-geotécnica, instrumentação geotécnica, técnicas de mineração, barragens de contenção, dentre outros.

A atuação do profissional de geotecnia é determinante para a segurança dos projetos. Dessa forma, ele atua na segurança de projetos relativos à barragens de terra e enrocamento, escavação de túneis, compactação de aterros, tratamentos de fundações, instrumentação de obras, percolação de fluxos em solos e rochas e muito mais. 

Entre as características que mais se espera em um profissional geotécnico podemos destacar a sua ética e a sua preocupação em realizar um trabalho que ofereça soluções adequadas do ponto de vista econômico, socioambiental e operacional.

Geotecnia e Infraestrutura e Pavimentos

A área de Geotecnia se reveste de importância uma vez que toda obra de engenharia utiliza o solo nas diversas etapas da construção. Sabe-se que o engenheiro trabalha com o solo, dentro do solo ou sobre o solo, tornando esta área da engenharia de  grande interesse para os profissionais que desejam se especializar e continuar seu estudos

O curso de Geotecnia e Infraestrutura e Pavimentos, tem como objetivos principais:

  • Capacitar profissionais para a organização de serviços especializados na área de Geotecnia e suas diversas aplicações para a realização de estudos de solos;
  • Discutir a relação do meio ambiente com o solo e seu impacto nas obras civis;
  • Permitir o reforço e dimensionamento de pavimentos de forma mais adequada;
  • Analisar a estabilidade de taludes e projetar sistemas de contenção; dentre outros.

Além disso, durante o curso, você vai se deparar com disciplinas como:

  • Estudos Aplicados a práticas profissionais;
  • Estabilidade de Taludes e Estruturas de contenção;
  • Geotecnia Aplicada;
  • Pavimentação;
  • Recuperação e Reforço de Pavimentos;
  • Fundações;
  • Hidráulica e Drenagem em obras de Geotecnia;
  • Orçamentação e Planejamento de obras rodoviárias;
  • Estruturas de Fundações; e mais.

O Curso de Pós-Graduação em Geotecnia e Infraestrutura e Pavimentos, é um tremendo diferencial para o profissional de engenharia. O que achou da área? Saiba mais sobre o curso e venha para o Unasp!

Até a próxima!

Não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

Coloque o seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Por isso, em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!