Blog do Unasp

Dicas para lidar com o estresse da faculdade

Você é universitário e anda com muito estresse acumulado? Vem com a gente e aprenda a lidar com isso. 

Quando estamos prestes a sair do ensino médio começamos a ansiar pela faculdade e pela vida, aparentemente perfeita dos universitários. Queremos ter mais liberdade, conhecer pessoas novas, cursar somente o que a gente gosta (um engano), entre outras imaginárias realidades. 

O que realmente acontece é que a vida dentro da faculdade envolve um mix de coisas boas e ruins. E infelizmente o lado ruim muitas vezes acaba se sobressaindo e trazendo sequelas para o futuro. 

Já é conhecido por muitos que doenças emocionais como a depressão e ansiedade são as que mais atingem a população mundial. Todavia, poucos entendem ou acreditam que muitas das raízes desses males vem do estresse. De acordo com o IPCS (Instituto de Psicologia e Controle do Stress), este, quando em excesso, acaba por se manifestar através do nosso corpo pelas doenças

As mais aceitas são as referentes a parte física. Tais como problemas gastrointestinais, cardiovasculares, respiratórias, músculo-esqueléticas, dermatológicas e imunológicas. Contudo, o stress muitas vezes é igualmente responsável pelo desenvolvimento da ansiedade (difusa ou generalizada), insônia, depressão e até mesmo pode ocorrer casos de esquizofrenia. 

Mas afinal, o que é estresse? 

Acima de tudo, precisamos ressaltar que o estresse não é algo totalmente ruim e negativo em si. Pois, em resumo, o estresse é uma reação do corpo a algo que está tencionando o organismo. E esta possui componentes físicos, psicológicos e hormonais. Como por exemplo, a produção de hormônios e componentes químicos que ocorrem no momento em que estamos estressados. 

Todavia, como dito anteriormente, essa condição não é de todo ruim pois muitas vezes nos impulsiona a fazer e dar o nosso melhor, ou mesmo nos salvar quando precisamos de mais adrenalina para nos defender e/ou correr de um perigo. Ao mesmo tempo, quando usado em situações erradas e por um longo tempo, acaba tornando-se nocivo à saúde. 

Está gostando dos conteúdos?

Então, assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Lidando com o estresse na faculdade

Tendo em vista o que foi apresentado acima, nós preparamos uma lista com dicas de como autocuidados e formas de controlar o estresse durante a faculdade. 

1. Priorize 

Quando ingressamos na faculdade é absolutamente normal que muitas oportunidades acabam por surgir e capturar a sua atenção. Ainda mais quando vocês está em um internato, que oferece tantas possibilidades de atividades extracurriculares.

Bem, independentemente de qual seja o tipo de instituição, acabamos por brilhar os olhos para os times, grupos de pesquisas, coros, orquestras, e por aí vai. O único problema é que quando menos percebemos, já estamos atolados de coisas e isso acaba por trazer muita tensão. 

Por isso, é essencial parar, anotar tudo aquilo que exige tempo de você, inclusive seus lazeres (que são também importantes), e analisar o que consegue colocar na rotina sem sobrecarregar-se. Aprenda a Priorizar aquilo que gosta e é igualmente relevante para o momento que está vivendo e seu futuro. 

Ah! E tenha sempre uma agenda ou planner em mãos para organizar sua rotina. 

2. Take a moment

No meio do turbilhão da vida você vai precisar tirar um momento para si e cuidar/investir no mesmo. Estabeleça um espaço na semana para praticar alguma habilidade que te ajude a relaxar e distanciar da realidade. Um hobbie é sempre uma boa opção para desestressar. 

Gosta de ler? Tire um momento então. Ou quem sabe pintar, esculpir, tocar, fazer yoga, meditação, cozinhar, escrever, observar aves, cuidar de pets, as opções são muitas, encontre algo e faça. 

3. Respire um pouco

Certamente metade de nossos problemas e tensões seriam solucionados se parássemos para respirar e acalmar em momentos de tensão. O ato simples de puxar o ar e em seguida esvaziar os pulmões, acaba oxigenando não só o corpo mas também o cérebro, acalmando e dando clareza. É importante dar pausas entre estudos e aulas para respirar e se concentrar em somente levar mais do ar para o corpo funcionar melhor. Aproveite esses pequenos intervalos para se abraçar, acredite, isso te trará muita paz interior e amor próprio. 

4. Mude o local

Muitas vezes o nosso estresse é ampliado por estarmos em algum lugar que não ajude a tirar um momento de paz. Assim, experimente trocar em alguns momentos, e quando possível, o local onde você realiza as suas atividades. Se possível, dê preferência ao ar livre, preferivelmente com natureza. Mas caso não tenha, está tudo bem. 

A mudança de espaço auxilia não somente na diminuição e controle do estresse, como igualmente ajuda a aumentar a criatividade e produtividade. 

5. Mova-se

A gente já sabe dos benefícios que os exercícios físicos tem em nosso corpo. Mas muito além do emagrecimento, manutenção e saúde física, está semelhantemente a saúde emocional, e isso inclui o estresse. Todavia, não precisa fazer academia ou corrida como “todo mundo”. Encontre aquela atividade física que mais se encaixa com o seu perfil e tempo, caso contrário pode virar mais um problema. 

Movimentar-se é importante para oxigenar, ganhar resistência, manter um equilíbrio e inclusive extravasar toda a negatividade e tensão que arrastamos dia após dia. 

 

E aí, quais são as suas dicas para amenizar o estresse? 

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

Por isso, coloque o seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!