Blog do Unasp

10 filmes para entender a Segunda Guerra Mundial

Aprenda mais sobre a Segunda Guerra Mundial através de filmes que abordam essa época marcante da nossa história.

A segunda Guerra Mundial foi um dos mais abrangentes e impactantes conflitos da história, que durou de 1939 a 1945. Sendo um conflito militar global mobilizado por uma ideal de limpeza da nação e ódio.

Os judeus foram um dos povos mais perseguidos durante esse período. No entanto, milhares de mortes e atrocidades cometidas em nome de uma Alemanha puramente ariana,  nos fazendo repensar sobre os valores e aspectos que até hoje influenciam a nossa sociedade.

Por isso, é tão importante estudar esse período com reflexão e atenção.

Contexto histórico

O ponto inicial da guerra deu-se, a princípio, através da invasão da Polônia pela Alemanha Nazista, em 1º de setembro de 1939. Alguns países já estavam em conflito nessa época.

Contudo, com as declarações de guerra contra a Alemanha pela França e maioria dos países do Império Britânico, muitos outros acabaram aderindo ao conflito.

Posteriormente, os Estados Unidos, motivados pelo ataque japonês contra as forças norte americanas em Pearl Harbor, também entraram no conflito mundial.

Finalmente, a Segunda Guerra Mundial termina em 1945 com a vitória dos aliados contra a Alemanha.

Logo depois, foi criada a Organização das Nações Unidas (ONU) e a União Soviética e os Estados Unidos emergiram como superpotências rivais. Por consequência o terreno para a Guerra Fria, mas isso já é outra história.

A Segunda Mundial e os filmes

Visto que a Segunda Guerra Mundial foi um dos maiores eventos da nossa história, o cinema, a literatura e outras formas de manifestação artísticas passaram a abordar o período.

Diante disso, é possível aprender muito através dessas criações.

Mesmo não substituindo conteúdos mais específicos e aprofundados, certamente, os filmes são uma ótima maneira de fixar os conteúdos aprendidos em sala de aula.

Por isso a nossa dica é a seguinte: estude antes de assistir a um filme. Entenda o contexto histórico e assista ao longa tentando repassar os conteúdos teóricos.

Desse modo, você realmente irá aprender e não apenas assistir ao filme sem reter nenhuma informação.

Bóra, finalmente, conferir a lista?

1. A Lista de Schindler

Dirigido por Steven Spielberg o filme de 1993 conta a história real de Oskar Schindler, um empresário alemão que salvou a vida de mil judeus empregando-os em sua fábrica de panelas.

A história impactante foi um sucesso de bilheteria e recebeu sete Oscars, e até hoje é considerado como um dos melhores filmes já feitos.

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

2. O Menino de Pijama Listrado

Baseado no best seller de John Boyne o filme narra a história de amizade entre Bruno, filho de um oficial nazista, e Shmuel, um garoto judeus. Porém, Shmuel vive no campo de concentração coordenado pelo pai de Bruno.

No entanto, vivendo em realidades diferentes os dois meninos criam fortes, e perigosos, laços de companheirismo. E, como consequência, os dois questionam as razões de todo aquele ódio entre judeus e alemães.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

3. Olga

Esse filme é baseado na história real de Olga Benário, uma comunista alemã naturalizada brasileira.Olga foi esposa de Luís Carlos Prestes, que na época da ditadura Vargas (de 1930 a 1945) foi presa e enviada à Alemanha tomada pelo nazismo.

Durante o cativeiro, a militante  dá a luz a filha, Anita, na prisão, mas morre depois quando é enviada para a câmara de gás.

4. A Vida é Bela

Um dos maiores clássicos do cinema, a Vida é Bela narra a história do judeu Guido e de seu filho Giosué. Na Itália da Segunda Guerra Mundial os dois são levados para um campo de concentração nazista.

Entretanto, tendo sido afastado da mulher, Guido, tem que usar a imaginação para fazer com que o filho acredite que estão participando de uma grande brincadeira.

5. O pianista

Baseado na autobiografia do músico Wladyslam Szpilman, o filme narra a história de um homem que encontra na música a válvula de escape para os horrores vividos no gueto da Varsóvia.

Desse modo, o filme mostra o início do Gueto de Varsóvia e acompanha o drama da captura da família Spilman. Contudo, Wladyslam consgue fugir e se refugiar nos prédios abandonados da cidade até que a guerra acabe.

6. A Queda

A narração de Traudl Junge, que trabalhou como secretária de Adolf Hitler, conduz a história do filme.

Assim, Traudl fala sobre os últimos dias que o ditador nazista passou em um quarto de segurança máxima depois do final da Segunda Guerra Mundial, e por fim a queda do Terceiro Reich.

7. Operação Valquíria

Durante a Segunda Guerra Mundial Claus von Stauffenberg, um coronel que retorna à Alemanha gravemente ferido, tem por objetivo matar Adolph Hitler.

Portanto, seu objetivo é pôr em prática a Operação Valquíria, um plano já existente que prevê a implementação de um governo que conduza a Alemanha após a morte de seu líder.

Para isso, aos poucos o coronel Claus ganha destaque na organização, sendo encarregado para que cometa o assassinato de Hitler.

8. Pearl Harbor

Sete de dezembro de 1941. Os japoneses atacam de surpresa as forças armadas americanas em Pearl Harbor e os Estados Unidos decide entrar na Segunda Guerra Mundial.

Entretanto, o filme focaliza o impacto devastador do conflito em dois jovens pilotos e uma bela enfermeira. Se tornando um épico de patriotismo americano, guerra e paixão. Uma superprodução de U$ 135 milhões.

9. O Grande Ditador

Em meio a Segunda Grande Guerra Mundial, judeus estavam sendo esmagados pelo preconceito alemão.

Todavia Chaplin, genialmente, interpreta os dois protagonistas da história: o ditador Adenoid Hynkel (em clara referência a Hitler) e o barbeiro Judeu.

Por ser irônico e atrevido, este filme  causou sua expulsão dos Estados Unidos, mas criou também uma obra-prima única com uma das melhores mensagens anti-guerra já transmitidas ao homem.

10. O Diário de Anne Frank

Na Holanda de 1942 Anne, uma garota judia, e sua família são obrigados a esconder-se num sotão secreto de um estabelecimento comercial.

Apesar disso, com muito tempo livre Anne passa a escrever um diário que acabou tornando-se um dos livros póstumos mais aclamados das últimas décadas. Contudo, após dois anos, eles são descobertos e enviados para um campo de concentração onde Anne se apaixona por Peter.

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!