Blog do Unasp

Veja como fazer um planejamento de estudos para o Enem 2020

Saiba como criar e montar um bom planejamento de estudos para o Enem 2020, sem sair de casa e sem pagar por isso. 

Vai prestar o Enem 2020? Para conseguir a nota de corte é preciso estudar bastante e para isso, montar um planejamento de estudos eficiente, é imprescindível!

Não é segredo nenhum que muita pessoas deixam para estudar em cima da hora, no entanto essa prática não é das melhores. Afinal, para se sair bem em provas é preciso meses de dedicação e estudos. Não é de uma hora para a outra que se aprende e retêm conteúdos.

Portanto, é preciso organizar-se e estipular metas. Ao criar um planejamento de estudos logo no início do ano você poderá garantir mais tempo de estudos e consequentemente terá um melhor preparo. 

Por isso, pensando em te ajudar, preparamos algumas dicas que podem fazer você se destacar ainda mais no vestibular. Veja!

Planejamento de estudos para o Enem 2020

Elaborando um guia de estudos

Primeiramente você precisa escrever uma lista de todos os tópicos, conteúdos e conceitos que precisam ser estudados. Além disso, antes de começar a estudar de fato, leia a lista novamente e a refaça, se necessário. 

A partir daí sugerimos que você estude os temas a seguir.

Português

  • Acentuação Gráfica: regras gerais 
  • Pontuação: período simples e composto
  • Fonologia e Fonética
  • Concordância verbal
  • Vozes verbais
  • Tipos de sujeito e predicado
  • Adjuntos x complementos
  • Obj. ind. x complem.nominal x agente da passiva
  • Reforma Ortográfica: novas regras
  • Aposto x vocativo
  • Objeto direto x objeto indireto
  • Orações coordenadas
  • Orações subordinadas adverbiais
  • Orações subordinadas substantivas
  • Orações subordinadas adjetivas
  • Regência Verbal e Nominal 
  • Crase

Matemática

  • Porcentagem 
  • Medidas de tendência central: moda, média e mediana 
  • Medidas de dispersão: desvio padrão, desvio médio e variância 
  • Razão e Proporção 
  • Função afim: gráfico, coeficientes e raiz 
  • Ângulos, paralelas e transversais 
  • Teorema de Tales e semelhança de triângulos 
  • Polígonos 
  • Geometria plana: exercícios resolvidos 

História

  • Organização sócio-econômica 
  • Homem na América 
  • Egito Antigo 
  • Mesopotâmia 
  • Fenícios e Persas 
  • Revolução Industrial
  • Iluminismo
  • Revolução Francesa 
  • Era Napoleônica e o Congresso de Viena 
  • Independência da América Espanhola 
  • 1ª Guerra Mundial 
  • Crise de 1929 
  • Nazifascismo 
  • 2ª Guerra Mundial 
  • Brasil dos Anos Dourados 
  • Regime Militar no Brasil – Antecedentes do golpe de 1964 
  • Regime Militar no Brasil – Características Gerais 

Geografia

  • Estrutura Interna da Terra 
  • Deriva Continental e Placas Tectônicas 
  • Rochas 
  • Geologia do Brasil 
  • Relevo do Brasil 
  • Solos 
  • Poluição Atmosférica 
  • Atividade humana e impactos ambientais 
  • Urbanização 
  • Problemas sociais urbanos 
  • Globalização 
  • Blocos econômicos 
  • Conceitos e taxas demográficas 
  • Estrutura Populacional e IDH 
  • Migrações 
  • População Brasileira – Estrutura Populacional e Indicadores Socioeconômicos 

Criando um cronograma

Portanto, depois da lista pronta, chegou a hora de decidir o que e quando estudar. No entanto,  evite estudar somente as matérias que você tem mais dificuldade. Além disso, uma boa dica é revisar os conteúdos que foram estudados no dia anterior, ao menos por 30 minutos antes de começar o novo dia, realizando também exercícios fixadores.

Logo, procure ter equilíbrio e estabeleça um cronograma de estudos que seja eficaz e de acordo com a sua realidade. Então, coloque os horários de cada matéria que vai estudar por dia e tente sempre deixar um período do dia reservado para essa ação. 

Outra ponto importante: evite ficar muitas horas no mesmo assunto e na mesma disciplina, uma vez que é cansativo e improdutivo.

Sendo assim, crie seu cronograma com matérias e assuntos que goste, alternando com os que menos gosta mas que são necessários. Lembre-se de que elaborar uma rotina de semanas e meses de estudo é o caminho para o sucesso.

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Então, em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Descanso e pausas

Durante o estudo é muito importante dar algumas pequenas pausas para o descanso. Entretanto, quando se trata de vestibulares como o Enem, muitos candidatos sacrificando horas de sono, estudando até tarde da noite e sem intervalos. Outra característica é que esses estudantes não montam um planejamento e também acabam ficando sem momentos de lazer para fazer aquilo que gosta.

Contudo, não precisa ser assim. Então, para que as horas de estudos sejam produtivas é preciso estar com a mente relaxada e seguir, de fato, o cronograma. Você sabia que ficar estudando mais do que o que deveria e sacrificar bons hábitos, como o sono e o esporte, sobrecarrega o cérebro e prejudica a produtividade?

Além disso, o excesso causa nervosismo e ansiedade, sendo refletidos na hora das provas.

Portanto, quando for estudar, inclua uma pausa de 10-15 minutos a cada 45-50 minutos, por exemplo. Esse tempo serve para esticar as pernas, ir ao banheiro, beber água e dar uma pausa pra mente. E para estimular a memória e o raciocínio, respeite o tempo de sono durante a noite, dormindo  6 a 8 horas por dia, a partir das 22h da noite.

Dúvidas sem esclarecimentos? Jamais!

Ninguém sabe de tudo e isso é normal. Por isso, não se cobre por não saber, por enquanto, sobre algum assunto. Todos sabemos que os vestibulares, como o Enem 2020, possuem um certo grau de dificuldade e que se deve estudar bastante para a realização das provas.

Então, se há algum assunto que você não entende ou domina, não deixe de lado. Quando isso acontecer, peça ajuda aos professores, colegas ou participe de grupos de estudos. Outra dica, é que na hora da prova, comece respondendo as questões que acha mais fácil, isso ajuda a otimizar o tempo para poder pensar com mais calma nas que exigem mais de você.

Realizando auto-avaliações

O sistema avaliativo mais popular no mundo, conhecido como prova e que é o modelo utilizado pelo Enem, também pode ser usado por você na hora de estudar. Para isso, separe ao menos um final de semana no mês para realizar novamente as provas antigas da escola, ou pedir alguém que te ajude elaborando questões.

Realizar auto-avaliações ajuda a entender melhor como funciona o Enem 2020. Além disso, também ajuda a assimilar os conteúdos exigidos e identificar o que precisa melhorar. Outra coisa que você pode fazer, é refazer os vestibulares anteriores, disponíveis na internet.

Depois disso, você pode checar os acertos sozinhos, se forem provas antigas e que tenham cartões resposta, ou peça ajuda para o professor, avaliar.

Bons estudos e até a próxima!

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

Coloque o seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Então, em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!