Blog do UNASP

6 dicas para organizar um workshop profissional infalível

[vc_row][vc_column][vc_text_paragraph]

Diferente de cursos comuns, o workshop é focado no alinhamento entre teoria-prática e também na experiência de quem participa. Descubra logo abaixo como organizar um workshop profissional.

Normalmente quem tem sua própria empresa, um serviço exclusivo ou é referência na atividade que exerce, pode preparar um workshop profissional para compartilhar conhecimentos, ensinar e inspirar outras pessoas.

No entanto, produzir um evento ou workshop de sucesso não é uma tarefa fácil e geralmente a maioria das pessoas não sabem nem por onde começar. Então, se você está pensando em dar o primeiro passo, se atente aos detalhes e faça um bom planejamento. Mas como?

Pensando em te ajudar, preparamos uma lista com 6 dicas imprescindíveis para a organização do seu workshop, aumentando assim as chances de ele ser um sucesso absoluto!

1 – Escolhendo o tema

Para nortear a realização do workshop e saber quais escolhas fazer na hora do planejamento, o primeiro passo é escolher o tema. Isso mesmo; a escolha do tema é muito importante para o sucesso do seu evento.

Ou seja, o tema é uma garantia do posicionamento do workshop, e ajudará a definir todas as próximas etapas do processo. Dessa forma, se o tema não está relacionado a profissão em si, e houver relação com habilidades necessárias para o desempenho da profissão, escolha alguma delas para focar.

Portanto, para organizar um workshop é fundamental trabalhar com temas atualizados e que fazem parte do público do seu evento. Além disso, faça pesquisas sobre possíveis assuntos e necessidades para suprir no mercado. Sendo assim, o risco de errar na escolha do tema diminui bastante. E você ganha por outro lado, por ser um tema em que não há muita concorrência de cursos e workshops na área.

2 – Qual é o seu público?

Saber com quem você quer falar é fundamental. Pense qual público se interessa em participar do seu evento e qual público você quer atingir. Uma boa maneira de visualizar é fazendo definições como a idade, gênero, região e o que estão buscando quando participam de workshops.

Portanto, você deve esboçar um perfil detalhado de seu público e quanto mais detalhado o perfil, menor será a chance de errar.

Logo, suas chances de sucesso com o público aumentam quando você sabe quem são, o que precisam ouvir e o que procuram.

Além disso, avalie para que número de participantes o evento será destinado. Ou seja, se será um workshop pequeno, médio ou grande.

3 – Palestrantes e materiais

Um dos principais fatores decisivos de quem escolhe um evento como workshop é saber que um profissional capaz estará presente e que você aprenderá coisas interessantes com ele. Por isso, se não for você o palestrante, opte por profissionais conhecidos na área para valorizar 0 seu evento.

Em suma, escolha alguém relevante quanto à definição do seu tema e público. No entanto, só o palestrante não é sinônimo de um evento sucesso. Dedique sua atenção na elaboração dos materiais necessários para a realização do workshop.

Foque na experiência das pessoas e pense nos recursos humanos, as máquinas e materiais imprescindíveis. Vai usar projeção? Onde as pessoas vão sentar? Vai ter banheiro e água? Vai ter brinde? Tomada para carregar o celular? Quem irá recepciona-los? Terá apostilas, canetas e internet?

Portanto, faça um check-liste e anote todos os recursos necessários para a execução do evento e certifique-se que esteja tudo em ordem para o workshop.[/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Está gostando dos conteúdos?

Então, assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail![/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email newsletter_id=”blog_conteudo_1″ newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!”][vc_text_paragraph]

4 – Divulgando meu workshop

A divulgação do workshop é uma das partes que precisa de mais atenção e estratégia para que o evento seja um sucesso. É necessário reservar uma verba para investimento a fim de se conseguir um bom alcance, ainda mais se o workshop for em grandes cidades.

Por isso, invista em plataformas de inscrição online e presenciais. Utilize estratégias diferentes para atingir o público e alcançar o número esperado de participantes. Ferramentas como redes sociais, e-mail e endo-markting são as mais utilizadas.

Além disso, opte também por distribuir material impresso de divulgação em pontos estratégicos como em escolas e universidades se o seu público for estudante. Lembre-se que o networking e indicação fazem grande diferente neste processo e momento de decisão.

Na divulgação, informações como local, horário, convidados, objetivo e valores, são imprescindíveis.

5 – No dia do workshop

Chegou o grande dia; o que fazer?

Seja o primeiro a chegar. Abra o espaço, acendas as luzes e reúna a equipe que vai te ajudar. Será necessário acompanhar de perto todo o workshop. Dessa forma, você garante uma experiência positiva do participante, desde a entrada até o momento da saída.

Ou seja, esteja preocupado com todas as etapas. Organize a fila, credenciamento, apoio, dúvidas, recursos que os participantes utilizarão e outros. Além disso, о workshop pode ser dividido em blocos para não ser enjoativo, maçante e fazer com que percam o interesse no tema. Pense em oferecer também um “coffe-break”.

As atividades práticas são valiosíssimas e um diferencial de workshops completos. Por isso, reserve um tempo e espaço рara que аѕ pessoas interajam, expressem ѕuаѕ opiniões, pratiquem e tirem dúvidas.

6 – Investindo no público

Seu workshop existe porque os participantes, ou seja, o seu público, se cadastrou e compareceu. É por eles cada sacrifício. Pode até parecer desnecessário, mas é muito importante investir no público de seu workshop depois que ele já aconteceu.

Manter um relacionamento, acompanhar a jornada e as novas decisões tomadas por eles a partir do workshop, é incrível. Você conhece e entende melhor as percepções, objetivos, entusiasmos e informações que ajudarão a organizar e aprimorar outro workshop.

Além disso, também vale reunir os feedbacks como observações e comentários positivos e negativos do público sobre o workshop. Assim, você pode evitar novas falhas e garantir a melhor experiência no futuro para quem participar.

Bom Workshop!

E aí, gostou das dicas? Pronto para montar o próprio workshop profissional? Então, não se esqueça de prezar pela qualidade do seu evento e busque planear tudo com calma e profissionalismo.

Ou seja, seguir o planejamento da maneira certa, irão aumentar as chances de sucesso! Você tem experiência com workshop? Costuma fazer com frequência? Compartilhe com a gente sua experiência, pontos indispensáveis ou dúvidas. É só escrever aqui nos comentários.[/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.[/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email newsletter_id=”blog_conteudo_2″ newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!”][vc_text_paragraph]

 Leia também:

[/vc_text_paragraph][/vc_column][/vc_row]

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

[vc_newsletter_with_email newsletter_id="blog" newsletter_msg_success="Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!"]