Blog do UNASP

Filhos e EAD, será que dá? Como conciliar a faculdade com as crianças.

Conciliar a rotina de estudos com os filhos não é uma tarefa fácil! Mas também não é algo impossível. Veja como cuidar da sua família e estudar ao mesmo tempo.

Filhos, trabalho, filhos, estudo, filhos, prova… Eu já falei filhos? Os maiores amores da nossa vida surpreendentemente também fazem o nosso sonho da faculdade virar um grande desafio. Principalmente quando o curso é feito a distância. Isso porque certamente, cedo ou tarde, as rotinas acabam se chocando, e uma coisa vira a outra, o que não pode acontecer.

É um duelo de gigantes: o sonho de ter filhos e o sonho de alcançar o diploma superior. Mas os dois projetos mais importantes da sua vida podem caminhar juntos. Bom, nem preciso dizer que a faculdade a distância é a melhor alternativa para alguém que precisa conciliar tantas coisas. Inclusive, aproveite também para ler esse post, vantagens de fazer um curso EAD no Unasp.

Se o curso EAD é a melhor opção, por outro lado a maternidade e paternidade não podem ser também a distância. E, ao optar por um curso a distância, você pode ter a falsa sensação de que vai ser tranquilo conciliar as coisas. Desculpe, mas não dá pra prometer que vai ser fácil. Você ainda terá que estar presente e ativo na vida dos seus filhos, e ainda por cima estudar! E agora, como resolver esse impasse?

Antes de mais nada é preciso lembrar que não se pode determinar um conjunto de regras que vale para todo mundo. Cada história é uma história. Depende da idade da criança, da quantidade de crianças, se o filho tem alguma necessidade especial. E às vezes a grana tá mais curta do que de costume (já que ela nunca fica longa, não é mesmo?).

No entanto, através desse post buscamos encontrar um meio termo para todos os papais e mamães estudantes. São seis dicas para analisar e encontrar qual é o melhor caminho para a sua realidade. Só para facilitar a compreensão do texto, vamos te chamar de pais EAD (embora saibamos que o seu amor também é presencial e em período integral).

1. É preciso determinar prioridades

Essa é a primeira etapa do planejamento. Claro que os filhos são a sua prioridade, mas isso precisa estar refletido na sua rotina. E em muitos casos, isso vai significar que será sim necessário interromper os estudos ou, pelo menos, diminuir o ritmo. Tudo para o melhor da sua família e filhos. Portanto, antes de qualquer coisa, corre aqui no Google Agenda e planeje todas as atividades que a sua semana precisa ter. Fez isso? Ok, vamos continuar.

O tempo com os filhos não volta – eles vão continuar crescendo e cada vez mais rápido. Deixe a ideia de trancar o curso só para alguma situação muito grave (como um problema de saúde inesperado), mas considere sim a possibilidade de pegar menos disciplinas a cada semestre. O diploma chega um pouco depois, mas chega.

O mais importante para se levar por toda a vida é: a gente nunca vai parar de estudar. Depois de formado, com filhos, anos de experiência, e ainda assim precisaremos aprender coisas novas. Então não se frustre se precisar desacelerar seu curso – o importante para os pais EAD é nunca deixar de aprender.

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

2. É preciso saber quando pedir ajuda

Não é à toa que vivemos em sociedade: sempre vai ser necessário contar com a ajuda de alguém para criar um filho. Se você tem um companheiro ou companheira, os dois podem se planejar para dar suporte um ao outro. Mas, embora tenha diminuído na última década, ainda é muito grande o número de mães solteiras – confira aqui.

Claro que existem homens que cuidam sozinhos dos filhos, mas, na esmagadora maioria das vezes, as mulheres ainda enfrentam a maior parte desse trabalho sozinhas. Por isso que encontrar aliados é fundamental para dar continuidade aos estudos.

Outra coisa que não é fácil. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), um terço das crianças de zero a três anos estão fora da creche por falta de vagas.É preciso procurar instituições filantrópicas, familiares e amigos para te ajudar, especialmente nos momentos em que precisa se ausentar para estudar.

Se bem que, às vezes, a ajuda necessária são informações e apoio emocional. Para isso, a cantora e jornalista Mariana Belém criou o blog Mamãe de Primeira Viagem, onde ela divide as próprias experiências e ajuda milhares de mulheres.

Essas são apenas algumas sugestões, mas em suma o que estamos querendo dizer que é preciso saber quando e onde pedir ajuda.

3. Licença maternidade existe na faculdade

Descobriu a gravidez no meio do curso? Muita gente ainda não sabe que existe um tipo de licença maternidade na educação superior para as “mamães EAD”. Depois do parto, a mulher pode se afastar por até 90 dias do curso.

A desvantagem? Depois de retornar, é preciso fazer, de uma vez, todas as provas do semestre. Logo, está longe de ser um período de férias. Mas pode ser uma boa alternativa para se planejar – encontrar ajudantes, saber quais necessidades especiais o bebê vai ter e encaixar tudo isso na rotina.

Inclusive, fique ligada porque esse prazo pode ser alterado brevemente. A câmara dos deputados aprovou um projeto de lei para aumentar o período de afastamento da faculdade para até seis meses. Agora, o texto precisa ser aprovado pelo Senado e sancionado pela presidência da república.

4. Não espere o momento ideal para voltar a estudar

Agora eu falo para aquela mamãe EAD que decidiu trancar ou tirar a licença após o parto; ou para aquele papai EAD que trabalha tanto para dar o melhor aos filhos, que acha que não sobra tempo para mais nada. A dica é: não espere o momento ideal para voltar a estudar.

O motivo? Simplesmente porque ele não existe. Cada fase da vida da criança é única e, em cada uma delas, o seu filho vai precisar da sua atenção de um modo especial. O único modo é nunca parar de estudar totalmente.

5.  Tenha estratégia e criatividade para estudar

Você já pensou em ensinar aos seus filhos o que você está aprendendo na faculdade? Bem, não é realmente para transmitir todos os conceitos, mas sim o sentido geral. Se você for capaz de resumir e simplificar o conteúdo, significa que você aprendeu de verdade.

Também preparamos para te ajudar um texto para você aprender a criar um cronograma de estudos para o seu curso EAD. Abaixo existem outras dicas para os papais EAD estudarem com qualidade:

• Resuma o conteúdo em tópicos escrevendo à mão, grave em áudio se achar melhor, e use esse material para revisar antes de avaliações.

• Aproveite o tempo do deslocamento para revisar o conteúdo – lendo no transporte coletivo ou ouvindo o áudio enquanto dirige.

• Descubra todos os pais e mães do seu curso na faculdade, e forme um grupo onde todos podem se ajudar. Por exemplo, na hora de um trabalho em grupo, vocês podem se revezar para ajudar a cuidar das crianças (sem contar que apoio emocional nunca é demais).

• Sempre que estiver estudando, responda para si mesmo: como o meu filho poderá se beneficiar no futuro com tudo isso?

 

Esperamos que com essas dicas a sua trajetória no curso EAD seja mais fácil e repleta de descobertas. Desejamos que você possa conseguir dar conta de tudo, dos filhos, da família e também dos seus sonhos!

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!