Blog do Unasp

Aprenda lições de carreira com a empresa que criou a marca Funko.

[vc_row][vc_column][vc_text_paragraph]

A Funko iniciou a sua trajetória em uma garagem em 1998. Com personagens de vinil adorados em todo o mundo a empresa mostra em um documentário empolgante a fórmula para tanto sucesso.

Making Fun – The Story Of Funko (2018) é um documentário, que já está disponível na Netflix que fala sobre uma das maiores fábricas de brinquedos colecionáveis dos últimos tempos. Dirigido por David Romero, o documentário traz lições valiosas para quem pensa em ser um empreendedor ou cursa Administração e Publicidade.

O doc conta a história de como o seu CEO Mike Becker criou originalmente os “bubble heads” que logo depois lançou a linha Pop Vinyl. A empresa conseguiu as licenças de franquias como Star Wars e Harry Potter e virou febre no mundo!

Quer saber porque a Funko faz tanto sucesso? Se liga nestas lições importantes de empreendedorismo e carreira que nós tiramos do documentário.

1. Não tenha medo de se arriscar e de se divertir

Não tenha medo de se arriscar em prol de um projeto apaixonante. Pelo contrário: o risco fará com que sua empresa seja única no mercado. O ingrediente secreto da Funko é fazer produtos estilizados, enquanto a maioria das indústrias fazem modelos padronizados.

Ser único ao agarrar oportunidades mostra que você realmente é fã do que se propõe a fazer. Isso faz com que sua empresa tenha autenticidade aos olhos dos consumidores.

Ter a habilidade de fazer com que seus clientes não saibam o que vão lançar é outra chave para o sucesso da Funko. É realmente importante manter a base de fãs especulando e poder assumir que nem todo produto será um sucesso de vendas. Dá para perceber que a Funko não tem medo de arriscar e sua equipe ama o que faz e se diverte muito com o trabalho.[/vc_text_paragraph][vc_video link=”https://youtu.be/D9eiJVKsSeQ” align=”center”][vc_text_paragraph]

Está gostando dos conteúdos?

Assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail![/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email list_id=”47b58773cd” woopra_actions=”newsletter:gostando_conteudos_blog” return_type=”Mensagem de sucesso abaixo” title=”Está gostando do post?” subtitle=”Assine a nossa newsletter e receba as novidade do Blog do Unasp direto no seu email!” newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!” newsletter_id=”blog_conteudo_1″][vc_text_paragraph]

2. Contrate ou trabalhe com pessoas que compartilhem da sua paixão

A Funko só consegue saber quais os produtos que seus consumidores mais querem porque o próprio time é feito de “geeks”, incluindo o próprio dono. A empresa absorve a cultura pop de forma intensa!

Então lembre-se, é importante ter certeza de que você está contratando ou trabalhando com pessoas que vivem e respiram os seus ideias e gostos. O trabalho deixará ser uma obrigação e virará uma paixão.

3. Não assuma que seu público-alvo será sempre igual

De acordo com o documentário, 90% do público da Funko era masculino antes dos lançamentos da linha de bonequinhos cabeçudos. A situação mudou: as mulheres já representam 51% das vendas da companhia.

Se o empreendimento tivesse ignorado esse movimento e continuado a falar apenas com homens, não teria crescido como cresceu. Não devemos descartar um segmento da população só porque ele não estava no radar da indústria em que você atua.

A Funko descobriu que as mulheres gostam tanto de cultura pop quanto os homens. E eles foram espertos o bastante para agarrar essa informação.

4. Viva da sua paixão – mas mantenha o profissionalismo

Você nunca sabe onde e quando irá cruzar com as mesmas pessoas da sua indústria, então faça o que é certo desde o começo.

Dirigido por David Romero que também produziu o documentário junto com Brian Mariotti e Mike Becker, o filme é uma ode aos colecionadores que inclusive mudaram um pouco o público alvo da funko ao se darem conta de que mulheres e crianças também eram um público interessado no produto.

Apesar de ter havido um pouco de resistência do público da “velha geração”que colecionava os “bubble heads”. A chegada dos pops com certeza revolucionou a Funko, deixando os seus produtos mais “fofinhos e também mais atraentes. Conquistando assim mais consumidores.

Ah! O documentário não mostra somente a criação da fábrica e de seus criadores e sócios, mas também a história dos fãs e colecionadores da Funko, além das próprias celebridades que já viraram Funkos. Muitos colecionadores viraram amigos e até se casaram por conta da sua paixão pelos pequenos cabeçudinhos.

O documentário é bem interessante, vale a pena conferir, ainda mais se você for um amante da marca!

Making Fun – A Funko Story já está disponível no catálogo da Netflix.[/vc_text_paragraph][vc_text_paragraph]

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.[/vc_text_paragraph][vc_newsletter_with_email list_id=”47b58773cd” woopra_actions=”newsletter:gostando_conteudos_blog” return_type=”Mensagem de sucesso abaixo” title=”Não vá embora sem assinar a newsletter!” subtitle=”Assine a nossa newsletter e receba conteúdos direto no seu email.” newsletter_msg_success=”Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!” newsletter_id=”blog_conteudo_2″][vc_text_paragraph]

Leia também:

• Barkley Marathon, conheça uma das maratonas mais difíceis do mundo.

• Minimalismo: um documentário sobre as coisas importantes da vida.

• Estudantes aceitam o desafio de viver com menos de um dólar por dia.

• Vida, Animada: um documentário delicado e íntimo sobre o autismo.[/vc_text_paragraph][/vc_column][/vc_row]

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

[vc_newsletter_with_email newsletter_id="blog" newsletter_msg_success="Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!"]