Blog do Unasp

Você sabe argumentar em uma redação? Descubra!

A redação do Enem exige um formato de texto, que é o dissertativo. Conforme essa exigência, nasce a necessidade de saber como argumentar da maneira correta. Daí também surge a dúvida: você sabe como anda o seu nível de argumentação ou como melhorá-lo?

Estudar para o Enem requer prática. Em suma, você precisa estudar um bocado de conteúdos e decorá-los, daí praticar através de simulados e conferir como anda o seu conhecimento sobre os temas. Do mesmo modo você precisa praticar a redação e compreender a sua estrutura. Já conversamos sobre isso aqui no blog, lembra? Se não, clique aqui para conferir um post bem legal sobre o assunto. Além disso tudo, também é preciso saber argumentar.

Mas o que o texto dissertativo tem a ver com a sua capacidade de argumentar?

O texto dissertativo é o que mostra sua capacidade de compreender a realidade do Brasil e do mundo e dar uma sugestão de solução.

Se a intenção primeira do texto é convencer, fazer o leitor “comprar” sua ideia, fica óbvio que para que isso aconteça será necessário argumentar, comprovar o que se diz. 

Hoje o Enem exige que argumentos sejam válidos, comprováveis. Herança de Aristóteles, o primeiro a separar os argumentos lógicos e demonstráveis dos meramente dialéticos. Resumo da ópera? Sem comprovação a sua ideia nunca passará disso, ideia.

Portanto, o poder de persuasão depende diretamente da sua habilidade de argumentar. A pergunta que não quer calar é como argumentar e onde encontrar argumentos fortes? Ampliando seu repertório sociocultural, ou seja, toda e qualquer informação, fato, citação que, de alguma forma, contribui como argumento para a discussão proposta no seu texto. Nesse sentido, quanto mais você abrir o seu leque de conhecimentos, mais positivo será o resultado da sua redação e consequentemente a sua capacidade de argumentar.

Está gostando dos conteúdos?

Então, assine a newsletter e receba todas as novidade direto no seu e-mail!

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Como argumentar na redação

Antes de aplicar um argumento pergunte-se: Ele é verdadeiro? Aplicável? Comprovável? Promove reflexão e mudança de atitude? Afinal, a sua alegação deve ser forte como um trator, destruindo ou ao menos enfraquecendo qualquer contra-argumentação. Não que essa comprovação represente a verdade absoluta, porém deve inquietar o leitor, seduzi-lo. Então, lembre-se que ao escrever você precisa estar confiante dos seus argumentos e ciente que eles são fortes.

Lembra-se que citei alguns parágrafos acima que melhorar o seu poder de argumentar é uma questão de ampliar a sua visão de mundo? Em outras palavras, argumentos nascem das suas experiências. Busque sempre aprender um pouco sobre tudo. Principalmente temas como  política, sociologia e filosofia.

Tenha um olhar atento a tudo ao seu redor. Assistindo a um filme pense em que tipo de tema você poderia citar essa obra, esse ou aquele personagem. Ouvindo uma música reflita sobre o que a letra diz e se ela se encaixa em alguma temática interessante. Lembre-se sempre: é melhor estar preparado para um determinado tema e cair outro do que não estar preparado para nenhum tema. A saber, sucesso não vem por acaso, não se iluda.

Algumas dicas importantes

No Enem serão considerados repertórios legitimados pelas várias áreas do Conhecimento:

– Conceitos e suas definições;

– Informações, citações ou fatos e/ou referências a áreas do conhecimento, tais como:

  • Fatos ou períodos históricos reconhecidos;
  • Referência a nomes de autores, filósofos, poetas, livros, obras, peças, filmes, esculturas, músicas etc.;
  • Referência a áreas do conhecimento e/ou seus profissionais, como Sociologia/sociólogos, Filosofia/filósofos, Literatura/escritores/poetas/autores, Educação/educadores,

Medicina/médicos, Linguística/linguistas etc.;

  • Referência a estudos e/ou pesquisas;
  • Referência a personalidades, celebridades, figuras, personagens etc., desde que conhecidos (por mais fofa e sábia que sua avó seja ela não tem força argumentativa. Então, nada de escrever: “minha avó dizia…”);
  • Referência aos meios de comunicação conhecidos, como redes sociais, mídia, jornais (O Globo, Revista Veja, Rede Globo, Folha de S. Paulo, Revista Carta capital,etc.)

Que tal praticar?

Agora, que tal praticar a sua escrita? Afinal, já que conversamos até aqui sobre argumentação e a importância de aumentar o seu repertório de conhecimentos, nada mais válido do que colocá-los em prática através de um texto.

Minha proposta é que você reflita sobre um tema bastante atual, se ele estará em algum vestibular importante, só o tempo vai dizer. Desde já preciso que você entenda que o que apresento aqui são sugestões, propostas para que você fique bem informado. Diferentemente de algumas plataformas que apenas ensinam citações genéricas para qualquer tema, o que proponho é que você construa um repertório que o torne um profissional diferenciado pela competência e interessante pela cultura.

Então vamos ao tema?

Inicialmente vamos conhecer um pouco mais sobre o tema. Vamos lá?

O desafio de envelhecer no Brasil

Dificuldades no processo de envelhecimento não são exclusividade brasileira, outros países em desenvolvimento enfrentam o problema. Na verdade, já hoje, a maioria das pessoas idosas vive em países não-desenvolvidos e dentro de poucos anos causarão um impacto irreversível na  ordem demográfica, econômica  e social. O que tem sido feito por e para eles?

Agora que já compreendemos qual é o tema, podemos partir para o roteiro para pesquisa.

• Uma população em crescimento;

• Expectativa de vida;

• Abuso psicológico e financeiro;

• Aposentadoria e qualidade de vida;

• Necessidades e limitações físicas;

• Políticas públicas de atendimento aos idosos;

• Estatuto do Idoso;

• Como são tratados em outros países.

Conclusão

Agora que você sabe um pouco mais sobre argumentação e já tem um novo tema para treinar a sua escrita, que tal arregaçar as mangas e começar os estudos? Os resultados positivos só podem ser alcançados conforme você for praticando.

Ei, não vá embora sem assinar a nossa newsletter!

É só colocar seu e-mail aqui em baixo para receber os melhores conteúdos do blog.

Valeu por se inscrever! Em breve mandaremos as novidades do blog!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!

Veja também

Gostando dos conteúdos?

Receba as atualizações no seu e-mail! Insira seu endereço ao lado e não perca as novidades.

Obrigado por se inscrever! Em breve você receberá nossas atualizações no seu e-mail!
Ocorreu um erro interno neste formulário! Por favor, entre em contato com o responsável pelo site!